A lâmpada ideal para cada ambiente

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Saiba qual é a lâmpada certa para cada ambiente da casa e economize energia

A escolha da lâmpada depende muito do ambiente e das atividades que serão realizadas nele, no entanto, o tipo escolhido pode fazer diferença na iluminação e também ajudar na decoração tanto na área interna, quanto externa da casa. O ideal é deixar o ambiente aconchegante, a luz adequada e com baixo consumo de energia.

As lâmpadas mais usadas hoje nas residências são as incandescentes e incandescentes halógenas, com o formato clássico, geralmente são brancas, intensa e brilhante, fluorescentes compactas que são mais modernas e as tubulares, essas o consumo de energia é 80% menor que as incandescentes e a tonalidade de cor variam entre amareladas e branca. No entanto, novas no mercado, as lâmpadas led duram cerca de 50 vezes mais e, quanto maior a eficiência da lâmpada, menor o gasto de energia.

O diretor técnico da Abilux, Associação Brasileira da Indústria de Iluminação, Isac Roizenblatt, atenta para como é importante minimizar o consumo de energia e reduzir os custos. "O ideal é sempre utilizar lâmpadas eficientes e de longa duração, luminárias com bons sistemas ópticos e duráveis providas de controladores de luz eletrônicos" , orienta o diretor.

A lâmpada led pode ser usada em todos os ambientes, pois é eficiente e econômica, já a incandescente é a menos eficiente, logo o gasto de energia é maior.

Veja na próxima página como iluminar bem os ambientes internos e externos da sua casa.

Ambientes internos e externos

O ideal é dividir o tipo de iluminação e fazer com que ela seja funcional, como para lavanderia, cozinha e banheiros, locais onde a decoração pode ficar por conta de luminárias e não por lâmpadas principais, já para a sala e lugares mais aconchegantes existe a opção de acender parte ou todas as lâmpadas, o que possibilita uma iluminação mais agradável para uma ocasião especial.

Áreas internas

Isac explica que para cozinha, áreas de serviço e banheiro o ideal é usar lâmpadas fluorescentes. "Nos outros ambientes, como quartos e sala, as incandescentes halógenas são boas, mas não são resistentes, então o ideal é ter um gasto maior de compra com as lâmpadas led que são mais eficazes" , indica Isac.

Nos ambientes mais aconchegantes como a sala e o quarto, o ideal é ter uma iluminação indireta, como o uso de sancas ou de diversos focos de luz, que direcionam a iluminação do teto para paredes e, por reflexo, fazem uma iluminação mais uniforme para realizar várias atividades e para complementar use abajur e luminárias.

Alguns ambientes necessitam de uma aparência mais natural na iluminação, como a sala de ginástica, para isso as mais indicadas são lâmpadas fluorescentes com aparência fria e luminárias resistentes, pois propiciam uma luz viva para o local.

Áreas externas

A garagem pode ser iluminada também com lâmpadas fluorescentes. Para a piscina, o mais seguro são os nichos secos que por meio de fibras levam luz ao seu contorno. Nas quadras e áreas esportivas, Isac indica a lâmpada de vapor metálico. "Essas lâmpadas são aplicadas em projetores e oferecem grandes pacotes de luz com alta intensidade, possuem alta eficiência e uma boa reprodução de cores" , diz ele.

As luminárias com lâmpadas led e fluorescentes também pode ser usadas como decoração na entrada da casa e em jardins, as duas são eficientes e têm variados tons de branco.

Veja na próxima página como economizar energia.

Economize energia

A luz natural é a melhor opção para atender a economia do consumo de energia com bem estar e conforto, além da preservação do meio ambiente. Então, sempre que possível, o ideal é não acender as luzes durante o dia, principalmente nas áreas externas e ter um ambiente mais arejado e com entrada de sol.

A arquiteta Fabiana Gimenez explica que para as áreas externas o foco é distribuir a iluminação por igual. "A iluminação em áreas externas deve ser distribuída para minimizar a penumbra, áreas escuras, é preciso atentar para o custo enérgico, nesse caso são ideais lâmpadas de menor consumo" .

Procure sempre usar lâmpadas mais resistentes. "Hoje, com a tecnologia dos leds, podemos ter lâmpadas com grande durabilidade e baixo consumo, o custo ainda é alto, mas a tendência aponta para valores cada vez mais acessíveis", comenta a arquiteta.

Veja também como Lustres e pendentes ressaltam iluminação.

Tags:

Comentários


  • 11 de janeiro de 2012 às 00:00
    Só esqueceram de falar que o IRC da lâmpada de LED é horrível fazendo com que o ambiente se desvalorize. Cada vez mais estão incentivando o seu uso, porém o LED não passa de uma simples decoração, mesmo usando Power Led.
  • 11 de janeiro de 2012 às 00:00
    quando abri a pagima, pensei que tinha valores para ver qual é a lampada mais economica, isso tudo eu já sabia, da proxima vez coloca outro titulo.
  • 11 de janeiro de 2012 às 00:00
    Cade a reportagem ??? Porque isso que escreveram eu ja sei de cor
    ha anos,, quanta criatividade !!!!!!!!!!!!!!!
  • 12 de janeiro de 2012 às 00:00
    se me permitem vou concodar com a reporter no conteudo, sao coisas que ja sabemos mas sempre e bom relembrar....minha opiniao seria que a lampada tradicional incandecente realmente consome mais energia se usarmos de 200w todo od tempo mas as de 40 e 60 vao bem, as frias sao as melhores pois alem de nao aquecer muito o ambiente gastam muito menos mas as boas custam acima de $20 reais , pois as shin ling tem vida curta mas sao baratas , vejam que escritorios somente usam estas , agora quanto a de led estau sendo produzidas lampadas com formato das antigas ou spot halogeno com led interiror , alem de iluminar bem duram mais e voce nao percebe se e led a nao ser que fique reparando nisso, e sao bem economicas...desculpem essa e minha opiniao. bom dia atodos.
  • 12 de janeiro de 2012 às 00:00
    Para além de um conteúdo vazio e muito pouco informativo, o português dessa senhora é horrível. Definitivamente, jornalismo escrito não é a sua vocação...
  • 12 de janeiro de 2012 às 00:00
    É um absurdo quais das lâmpadas apresentadas é de led para um leigo identificar fica difícil ai meu filho de 5 anos faria essa reportagem melhor
  • 12 de janeiro de 2012 às 00:00
    Matéria decepcionante. A preocupação com o título foi maior do que com o conteúdo. Vou me lembrar do seu nome Editora Elaine Camilo pra olhar com desconfiança a próxima coisa que achar aqui e tiver o seu nome nela.
  • 12 de janeiro de 2012 às 00:00
    Quem diz que o LED só serve para decorar é porque não conheçe o poder de luz e economia dessa tecnologia revolucionaria e altamente economica. LED já esta em iluminação de balada, carros, fabricas, ilumina tuneis de sp... Agora dizer que é decoração?? Faça-me o favor, se o seu gosto ainda for lampada antiga que consome muito, fique a vontade em compra-las.... Agora dizer uma besteira dessa sobre LED, é melhor não dizer.
  • 15 de maio de 2012 às 00:00
    Péssimo português, além do mais.
Ir para o topo