Ar puro dentro de casa

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Não deixe a poluição entrar em sua casa

Não pense que, ao fechar a porta de casa, toda a poluição atmosférica da cidade vai ficar do lado de fora. Manter hábitos nocivos pode fazer com que o ar dentro de sua residência fique até mais poluído que o externo. Por isso é preciso rever suas atitudes e investir naquelas que contribuem para um ar mais limpo tanto para o planeta, quanto para sua família.

Cuidado com o que você queima em casa

O processo de combustão dos materiais envolve a liberação de gases como o monóxido de carbono e o dióxido de nitrogênio, que podem ser prejudiciais à saúde caso grandes quantidades deles sejam inaladas.

Fique atento: as chamas dos fogões não devem produzir fumaça, pois o fogo provém da queima apenas de gases.

Já as velas normalmente emitem uma fumaça com resíduos de carbono produzindo fuligem.

Ar puro sem fumaça

Assegure que haja ventilação adequada em locais como a cozinha e a área de serviço, onde normalmente ficam eletrodomésticos que emitem calor. Condutores de fumaça podem ser instalados para evitar que gases se espalhem pelo resto da casa.

Cigarro contamina o ar puro

Não por acaso as leis vêm se tornando cada vez mais intolerantes ao ato de fumar em ambientes fechados. A fumaça do cigarro contém milhares de substâncias tóxicas, dentre as quais o benzeno, um potencial agente cancerígeno. Portanto, vale seguir as leis mesmo dentro de casa e evitar fumar em locais onde não há renovação do ar. Charutos e cachimbos também não são bem-vindos.

Mantenha exaustores em bom estado

Fogão e coifa

Coifas e exaustores são projetados em locais estratégicos para promover a renovação do ar em ambientes específicos da casa. Certifique-se, periodicamente, que estejam funcionando bem, sem vazamentos ou entupimentos. Especialmente nas garagens, é preciso haver exaustão para que substâncias como benzeno e monóxido de carbono não fiquem acumuladas no ar. 

Ameaças invisíveis ao ar puro

Alguns dos produtos que possuímos em casa podem emitir vapores sem que os vejamos. Tintas, substâncias inflamáveis e até mesmo móveis contêm compostos orgânicos voláteis, substâncias consideradas perigosos poluentes.

Prefira, portanto, produtos fabricados com materiais naturais, evitando os sintéticos.

Evite determinados produtos

Evite usar produtos em embalagens de aerosol, especialmente em locais onde a circulação de ar não seja eficiente.

alternativas naturais que podem substituir os desodorizantes químicos de ambientes. Óleos de alecrim ou eucalipto, por exemplo, são atóxicos e eficientes.

Aliás, vale procurar por opções mais naturais na constituição de tintas, seladores, vernizes, removedores, adesivos e combustíveis. Evite armazenar esses produtos em casa, comprando apenas o necessário para usos esporádicos. Quando precisar estocar, deixe em áreas bem ventiladas, preferencialmente, externas à casa.

Ao manusear produtos tóxicos, siga todas as instruções dos rótulos.

Remoção de tintas é para profissionais

Camadas antigas de tinta nas paredes podem conter chumbo e liberar gases tóxicos durante sua remoção. Portanto, é necessário contratar profissionais para remover pinturas anteriores de sua casa.

Cuidado com o amianto

Tenha cuidado com estruturas fabricadas com amianto. Essa substância pode ser liberada no ar e provocar doenças, sendo inclusive considerada um agente cancerígeno.

Uma forma de cuidar do meio ambiente e, consequentemente, do futuro do planeta é economizar energia em casa.

Tags:

Comentários


  • 30 de novembro de 2010 às 00:00
    Colocar plantas verdes em locais onde recebam luz solar também não é uma boa opção para renovar os ares de dentro da casa?
  • 9 de dezembro de 2010 às 00:00
    Querida Adriana

    Agradeço seu comentario

    Plantas dentro de casa renovam o ar e trazem energia positiva para o interior dos ambientes.

    Beijocas estaladas
    Bebel

Ir para o topo