Como conservar seu colchão

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Tipo de cama, espaço arejado e uso correto podem prolongar a vida útil do colchão

Todo colchão precisa de alguns cuidados básicos para seguir proporcionando conforto durante sua vida útil. E mesmo que você tome todas as medidas de conservação, é preciso entender que existe diferença entre o tempo de garantia dada pelo fabricante e o quanto o colchão pode ser usado.

As garantias dos fabricantes podem chegar a 10 anos, mas, segundo Guilherme Ronconi, da Ronconi Colchões, uma peça de espuma vai ter em média uma vida útil de três anos, enquanto os colchões de mola vão precisar ser substituídos após cinco anos de uso. Esses prazos têm a ver com a quantidade de ácaros que os colchões vão acumulando a partir do momento que começam a ser usados.

Os cuidados básicos para conservar o colchão começam com a escolha da cama e com de hábito de fazer o rodízio dos lados. Saiba mais sobre isso nas próximas páginas.

Cuidados básicos com o colchão

O primeiro passo para ter colchões arejados é escolher camas que tenham estrados feitos com ripas espaçadas e fixadas sem pregos. O espaço entre cada ripa deve ser determinado levando em consideração o peso do colchão.

Essa medida permite que o colchão "respire", eliminando umidade e evitando o aparecimento de mofo. Se sua cama já é deste tipo, não se esqueça de abandonar o hábito de guardar papéis de presente ou de colocar papelão, plástico ou jornal entre o estrado e o colchão, pois isso prejudica a ventilação da peça e aumenta a possibilidade de fungos e bactérias se multiplicarem.

Camas de tipo box e baú, que não têm estrado vazado, são feitas com uma cobertura especial que impede o contato da madeira com o colchão e também o acúmulo da umidade. Da mesma forma, os colchões especialmente feitos para estes tipos de cama contam com tecidos mais indicados para a situação.

Outro cuidado básico é fazer o rodízio de lados, virando o colchão em 180 graus a cada 15 dias no sentido horário. Ou seja, a área que estava na região dos pés vai para o local onde fica a cabeça. Se você tem um colchão de duas faces, ainda é preciso a cada 30 dias virar o lado que estava para baixo, sobre o estrado, para cima.

Como arejar e limpar o colchão

Os colchões não podem ser lavados e nem ter a superfície limpa com panos molhados. A melhor maneira de manter a limpeza é aspirar periodicamente e, a cada troca de roupa de cama, ou no mínimo uma vez por semana, deixar o colchão sem lençol em um local por algumas horas para arejar. Não precisar tirar a peça da cama e colocar no sol, aliás, a exposição aos raios solares é prejudicial, basta que a cama esteja perto de uma janela que propicie ventilação.

Na hora de escolher uma capa ou um protetor para o colchão, também é preciso levar em consideração o tecido que deve permitir a ventilação da peça. Geralmente, os próprios fabricantes produzem capas apropriadas para cada tipo de colchão. A capa também precisa ser lavada com frequência e você não deve usar o plástico ou embalagem na qual o colchão veio como proteção para não impedir a ventilação.

Na próxima página, veja porque é importante não se acostumar a sentar no colchão

Não sente nas bordas do colchão

Todo dia você senta no mesmo local do colchão para se vestir e calçar os sapatos? Esse hábito pode acabar fazendo com que ele fique torto. Cinthia Lemes, supervisora da Colchões Castor, explica que as molas são feitas para sustentar o peso do corpo distribuído em vários pontos, e não concentrado em apenas um local. Por isso, quando você senta, corre o risco de amassar e entortar as molas que ficam na borda do colchão.

Ela afirma que, quando for necessário se sentar, é preciso tomar cuidado para concentrar o peso a pelo menos 15 cm para dentro do colchão, ou seja, quanto menos na borda melhor. Pelo mesmo motivo que não é indicado sentar-se, não é recomendado colocar objetos pesados, como criados-mudos, nem pular sobre o colchão.

Se você vai deixar de usar o seu colchão por algum tempo também não é indicado guardá-lo em pé, porque o peso do conjunto de molas vai fazer com a ele fique torto. Deixar o colchão em pé por alguns minutos durante a limpeza tudo bem, mas durante o tempo que você vai ficar fora em viagem já é um risco para a vida útil dele. Também não se pode passar roupa sobre o colchão, pois o calor excessivo pode danificar a espuma e o revestimento.

Saiba como escolher o colchão ideal para você.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo