Como cuidar do jardim na primavera

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Este momento é ideal para fazer a manutenção nas plantas

Ferramentas para jardim

Africa Studio

Na primavera, a maioria das plantas está retornando do estado de dormência e iniciando a fase de florescimento e de brotação. Por isso, esse momento é ideal para cultivar um novo jardim ou fazer a manutenção de um já existente.

Veja a seguir algumas dicas para deixar o seu jardim lindo e protegido

  • A primavera é caracterizada por um período de renovação das plantas. Por isso, há um aumento significativo no surgimento de brotos, flores e frutos. Devido a este metabolismo, as espécies precisam de mais nutrientes, então fique atento às adubações tanto orgânicas quanto minerais.
  • Novas folhas irão surgir nos arbustos, por isso é necessário remover as folhas velhas.
  • Quem estiver iniciando um jardim, verá que as mudas que já estão com botão, possuem chance maior de perder a floração (o botão) se forem cortadas sem passar pela sangria (técnica de retirada das plantas onde as raízes sofrem a menor perda de suas funções, permitindo assim que a planta se torne forte para suportar a retirada do local de crescimento até o replantio no local de destino). Para evitar que as mudas percam o botão no replantio, procure espécies que já passaram por este tipo de processo.
  • Plantas como azaleia, íris azul, ixora e lavanda se adaptam muito bem na primavera.
Mulher regando jardim

Piti Tan

  • Como em qualquer época do ano, é necessário fazer a retirada de plantas invasoras do jardim, que competem por espaço e nutrientes.
  • Com o aumento da temperatura e da umidade, o surgimento de pragas e doenças pode acontecer. Neste caso, fique atento aos menores sinais de infestação, eliminando o foco preferencialmente com defensivos alternativos, como por exemplo, o óleo de neem.
  • A poda de plantas floríferas deve ser feita após a perda das flores, independente da época de seu florescimento. O ideal é que o processo de poda aconteça até três meses antes das flores começarem a nascer.
  • Gramados devem ser adubados e aerados, ou seja, o solo deve estar macio e não compactado como vemos frequentemente. Este procedimento auxilia a raiz do gramado a se desenvolver, facilitando a penetração de nutrientes e a drenagem da água da chuva.
Mulher regando jardim

Sofiaworld

  • A irrigação deve ser adequada, principalmente nas regiões onde na primavera, o clima é quente. Neste caso, lembre-se que a irrigação correta é aquela onde o solo fica úmido e não encharcado. Você deve atentar-se também para os horários de rega, que precisam ser feitos quando o sol está mais ameno, ou seja, no inicio do dia ou no final da tarde.
  • Plantas em vasos devem ser examinadas, verificando a drenagem da água, visando os próximos meses de chuva que se aproximam.
  • Se você tem plantas grandes em vasos pequenos, chegou a hora de replantá-la em um vaso maior. No entanto, tome cuidado para não quebrar o torrão da planta no transplante.

Veja opções de
preparo do jardim para a primavera.

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo