Como cuidar dos móveis de varanda e jardim

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Aprenda como limpar e mantê-los conservados

Muitas pessoas estão acostumadas a deixar os móveis de áreas externas expostos ao sol e à chuva nas varandas, jardins e piscinas. Mas será que eles são realmente preparados para isso ou esta prática acaba diminuindo sua vida útil?

De acordo Marcelo Yamasita, designer e diretor comercial da fabricante DonaFlor, os móveis de áreas externas são preparados para resistir às mudanças climáticas. Ele explica que o alumínio e a fibra sintética são ideais para esse tipo de ambiente, por isso são os materiais mais usados na fabricação desses móveis, assim como a madeira. "O Cumaru, madeira de manejo florestal sustentável, também é bastante resistente às ações do tempo, fungos e insetos", comenta o designer.

José Tonin Júnior, proprietário da Green House Móveis, também especializada em mobiliário de áreas externas, comenta que as telas e tecidos usados nos móveis devem ser produzidos 100% em poliéster, além de receber tratamento antimofo e impermeabilização na fábrica. "Materiais como o alumínio, telas e fibras sintéticas, por exemplo, já possuem tratamentos anti-UV que visam dar durabilidade e evitar o ressecamento destes materiais", acrescenta José Tonin. Por isso, não é preciso aplicar nenhum tipo de produto químico para garantir que seus móveis de jardim, varanda e piscina durem mais tempo.

"Este tipo de tecido não desbota facilmente, não perde a uniformidade e irá garantir almofadas com cores vivas por mais tempo", completa o proprietário da Green House. Mesmo assim, os fabricantes indicam que guardar as almofadas ou cobri-las quando não estiverem sendo utilizadas é uma boa medida de conservação.

Na próxima página, veja como limpar os móveis de áreas externas.

Limpeza cotidiana

A falta de manutenção cotidiana é um dos principais fatores que levam à degradação dos móveis de áreas externas, assim como o uso de produtos inadequados. Veja abaixo as dicas sobre como limpar de acordo com os materiais de fabricação.

Móveis com tela e fibra sintética

Devem ser lavados com água, sabão neutro e esponja macia, de preferência semanalmente. Telas em cores claras, quando expostas em locais de muita poeira ou poluição, devem ser lavadas com água e sabão neutro toda semana.

Peças fabricadas em fibra natural

Basta retirar o pó com espanador ou aspirador.

Estofados revestidos com telas

Lave com água e sabão neutro periodicamente, principalmente se houver contato constante com óleos bronzeadores e repelentes, que podem manchar fibras e tecidos. Deixe-os secar completamente antes de guardá-los.

Estofado em corino náutico

Limpe com pano macio, água e sabão neutro.

Estofados em tecido acrílico

Limpe regularmente a superfície do tecido aspirando ou com escovas de cerdas macias, evitando que a sujeira se fixe, o que dificulta a remoção. Dirce Moretti, proprietária da Galeria das Lonas, orienta para que, caso o estofado precise ser lavado, seja usada água em temperatura ambiente e sabão neutro.

Na próxima página veja as dicas para móveis de alumínio e quais produtos não usar em seus móveis de jardim e varanda.

Alumínio

Alumínio com pintura brilhante

Passe cera automotiva com flanela branca por todo o alumínio. Retire o excesso e dê brilho usando um pano branco, seco e macio.

Alumínio com pintura fosca

Utilize uma flanela branca para passar silicone líquido por todo o alumínio. Retire o excesso com pano branco, seco e macio.

Móveis de madeira

É recomendado limpar com pano úmido diariamente e aplicar verniz náutico uma vez por ano.

Ombrellones com cobertura em tecido acrílico ou poliéster

Geralmente o tecido é removível e pode ser lavado com água e sabão neutro. No entanto, não é indicado colocá-lo para bater na máquina de lavar e nem centrifugá-lo. Quando a estrutura do ombrellone for de alumínio, o ideal é lavá-la com água, sabão neutro e esponja macia. Já as de madeira devem ser limpas com pano úmido. Os ombrellones em cores escuras podem sofrer pequenas alterações de cor devido a sua exposição ao sol. Por isso, só devem ficar expostos quando estiverem sendo usados.

No geral, Marcelo Yamasita afirma que para a limpeza diária basta uma escova macia para as fibras, água e sabão neutro. "Essa manutenção manterá a aparência das peças por muito tempo", comenta. Produtos abrasivos com álcool, acetona, cloro, soda e solventes devem sempre ser evitados, assim como escovas de superfície ásperas.

Veja opções de chaises para decorar o ambiente.

Tags:

Comentários


  • 13 de agosto de 2012 às 00:00
    Moro na praia e moro sozinho então sempre preciso tomar cuidado com os móveis. dou preferência ao alumínio e a madeira maciça para os externos.. aqui tem umas dicas legais também.
    http://www.teclemoveis.com.br/blog/2012/08/moveis-em-areas-externas-merecem-cuidados-especiais/
Ir para o topo