Como limpar o forno

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Você sabe o que significa forno autolimpante?

Quando se fala em limpar o forno, a primeira lembrança que nos vêm à cabeça é muito trabalho, esfregação e produtos de limpeza pesada. No entanto, segundo os fabricantes de fogões, a tecnologia autolimpante aplicada nos fornos atuais tornou essa imagem obsoleta e o grande o problema seria o fato de que muitos consumidores ainda não sabem exatamente como manter os fornos de hoje limpos sem prejudicar seu funcionamento.

O que significa autolimpante?

A característica autolimpante significa que as paredes do forno são preparadas para reagir com a gordura sob a ação do calor e evitar que a sujeira forme crostas. Segundo a Esmaltec, as paredes internas do forno são revestidas com um tipo de esmalte especial microporoso, que submetido a altas temperaturas reage com a gordura, proporcionando a redução do teor de substâncias gordurosas que ficam acumulados nas paredes após a utilização do forno.

Por ser um esmalte, o uso de produtos de limpeza ácidos ou a base de soda cáustica, esponjas grossas e palha de aço não são indicados, pois eles podem corroer o revestimento e, com o esmalte prejudicado, as próximas limpezas se tornarão mais difíceis e o forno estará sujeito a enferrujar. Fernanda Paes, da Atlas Eletrodomésticos, explica que como o revestimento é poroso, também não é indicado o uso de químicos a base silicone, que podem tapar os poros e reduzir a capacidade autolimpante do esmalte.

O teto e a bandeja também são revestidos com esmalte, mas neste caso é um produto diferente, que não é autolimpante. Por isso nessas regiões é possível usar detergente neutro e esponja ou pano macio na limpeza dos resíduos. De acordo com Mariana Francisco, gerente de marketing da linha de fogões da Mueller, as grades não costumam receber acabamento esmaltado, por isso podem ser limpas com palha de aço e sabão sem problemas. Da mesma forma, os vidros podem ser limpos normalmente usando água, esponja e sabão.

Na página a seguir, veja alguns segredinhos que podem ser usados para remover os resíduos que o forno não elimina sozinho.

Intercale o tipo de assado

De acordo com as empresas fabricantes de fornos, o segredo para que a função autolimpante funcione corretamente é intercalar os tipos de receitas que você leva ao forno. A cada dois assados gordurosos, como carnes, peixes e massas, faça um assado seco, como bolos, tortas e pães.

Mariana Francisco explica que quando o forno é aquecido para o preparo de um prato que não libera gordura durante o cozimento, o esmalte das paredes vai reagir com o calor e promover a evaporação dos resíduos do último assado gorduroso que foi feito e que por ventura tenham restado nas paredes. Ou seja, ao intercalar os tipos de assado você impede que os restos de gordura se acumulem nas paredes do forno.

E quando o bolo derrama?

E se o bolo ou queijo da pizza derramarem e acabarem caindo sobre a bandeja, nada de usar palha de aço, espátulas ou objetos pontiagudos para raspar a sujeira e limpar o forno. O indicado é esperar ele esfriar ou ficar quase frio e fazer a remoção com uma esponja ou pano macio e detergente. Também é possível aplicar um pouco de água pontualmente sobre a sujeira para que ela amoleça.

Mas é preciso ter cuidados com a temperatura do forno ao fazer a limpeza, muitas pessoas têm o hábito de aquecer o forno enquanto aplicam os produtos de limpeza para acentuar o poder de remoção. Fernanda Paes explica que, se o forno estiver muito quente, o choque térmico entre a temperatura dele e a da água usada na limpeza pode causar trincas no esmalte, fazendo com que ele comece a descascar.  E, mais uma vez, se o esmalte for danificado, as sujeiras vão ficar mais aderidas e o forno estará mais vulnerável a enferrujar.

Outro problema de limpar o forno quando ele está quente, segundo Débora Muller, especialista em limpeza e professora da Casa Bombril, é que os produtos de limpeza são químicos inflamáveis e, por isso, é sempre bom evitar o contato deles com temperaturas acima do comum. Se você não abre mão de usar produtos limpa-forno, vinagre e outras receitinhas caseiras para limpar o forno veja na página a seguir algumas dicas para fazer isso da maneira correta.

Soda cáustica, vinagre e bicarbonato de sódio

Substâncias como óleo, gorduras, massas e molhos podem manchar o esmalte da bandeja quando derramam e, neste caso, os resíduos podem ser removidos, mas não há muito o que fazer em relação à mancha. Se você não costuma alternar os tipos de assados e acha que a capacidade autolimpante de seu forno já está saturada, ou seja, a gordura apenas acumula e não é eliminada, limpar o forno pode realmente ser uma tarefa difícil.

Débora Muller orienta que antes de aplicar produtos a base de soda cáustica no forno você deve desligar o equipamento da tomada, se for o caso, forrar o chão, para que respingos não causem manchas no piso, e colocar luvas. Ela ainda ensina que todos os produtos limpa-forno em pasta devem ser pincelados no sentido da frente para o fundo. Para os produtos em formato de spray, a dica é manter seu corpo ao menos 25 centímetros distante do jato de aplicação.

Segundo Débora, uma solução de uma colher de vinagre para um litro de água pode ser aplicada para finalizar a limpeza do forno sempre que algum produto for usado. Ela explica que o vinagre tem a capacidade remover os resíduos dos produtos de limpeza que possam ter restado no forno. Para quem costuma usar bicarbonato de sódio, é importante saber que ele é eficaz para eliminar odores e nem tanto para remover sujeira. A dica de Débora é também usá-lo em uma solução de uma colher para um litro de água e finalizar a limpeza do forno com a solução de vinagre indicada acima.

Bicos

Embora muita gente tenha o hábito de limpar os bicos do forno com palitos ou agulhas, isso não deve ser feito, pois coloca em risco a segurança do forno. Fernanda Paes menciona que quando você insere uma agulha no bico causa dois efeitos. O primeiro é empurrar a sujeira para dentro e, com isso, quando o forno for ligado, o gás terá de empurrar a sujeira para fora para poder sair. Além disso, a agulha ou qualquer outro objeto pode alargar a saída de gás, fazendo com o forno comece a ficar superaquecido e cause, por exemplo, o amarelamento das laterais e do painel do fogão.

Aprenda também a limpar os eletrodomésticos que você tem em casa.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo