Como limpar pisos laminados

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Dicas para deixá-los limpos e brilhantes

Ao contrário do senso comum, piso laminado sujo, marcado ou arranhado também pode ser restaurado. Este tipo de revestimento pode ser dividido em duas categorias:

  • Laminados de baixa resistência, que são também chamados de carpetes de madeira.
  • Laminados de alta resistência.

A diferença principal consiste na camada superficial de cada tipo. Um recebe verniz (carpete) e outro uma lâmina de celulose impregnada de óxido de alumínio, que confere muito mais resistência à abrasão.

Laminados mais texturizados ou menos brilhantes 'pegam' mais sujeira que os revestimentos brilhantes e mais lisos.

Veja na próxima página como limpar pisos laminados.

Como limpar pisos laminados

Para limpar pisos laminados pode ser utilizado detergente neutro específico para pisos. Estes produtos deverão ser diluídos em água e aplicados sobre o piso com o auxílio de um pano limpo, umedecido e bem torcido (sem escorrer água). Nunca deixe água acomodada sobre a superfície, pois laminados não podem ser abundantemente molhados.

A limpeza deve ser realizada sempre no sentido da textura do piso, isto é, no sentido do comprimento das réguas.

* Cuidado com o uso de produtos abrasivos como lixas, palhas de aço, sapólios ou esponjas em seu lado mais abrasivo.

* Para limpeza de manchas de cola, os fabricantes recomendam a utilização de acetona pura ou uma solução de 50% de água morna e 50% de álcool, que são boas dicas.

Recomendam ainda, a utilização de feltro nos pés de móveis, capachos em passagens para áreas externas, proteção do produto contra excessiva exposição ao sol, proteção em locais onde há contato com umidade (de forma que esta não atinja o laminado) e utilização de rodízios de poliuretano (rodízios de nylon são muito abrasivos).

Marcas diversas (riscos superficiais) ou encardimentos deverão ser removidos com detergentes polidores sempre puros e esfregado com o lado macio de uma esponja. Este tipo de produto faz verdadeiros milagres em todos os tipos de pisos laminados.

Veja agora sobre a aplicação de ceras nos pisos laminados.

Cera nos pisos laminados

O que determina a aparência e a limpabilidade de cada piso laminado é sua camada superficial intacta. Quando desgastado ou danificado o laminado sujará mais e ficará menos bonito. Caso uma boa limpeza com os produtos acima citados não resolvam os problemas, só restará como alternativa a aplicação de ceras especiais (brilhantes ou foscas) em algumas de mãos.

A aplicação destas ceras promoverá uma excelente aparência e muita praticidade de manutenção ao revestimento tratado.

As ceras também são indicadas como alternativas para pisos laminados que sujem demais. Elas melhoram a textura do piso, impedindo, assim, a transferência de sujeira para o mesmo.

Veja o que fazer quando o piso laminado está arranhado.

Pisos laminados arranhados

Se os riscos forem superficiais e não forem sentidos com o passar de uma unha, por exemplo, provavelmente sairão com o simples uso do detergente polidor.

Se forem arranhões propriamente ditos, com cavidades, só poderão ser removidos se não tiverem ultrapassado a camada do laminado e se o piso não for texturizado, ou seja, a técnica a seguir só funcionará em pisos lisos.

O tratamento deverá ser adotado em toda a área e não só nos locais arranhados. A mesma recomendação servirá para remover manchas por álcool. Tratamento também recomendado para a correção de assoalhos tratados em geral.

  1. Passe manualmente lixas para madeiras em folha grão 80, depois a 150 e, por fim, a 220. Faça a correção em um pedaço de diâmetro um pouco maior que o local afetado.
  2. Limpe bem o local e aplique algumas demãos de cera especial em todo o piso. Adote a versão brilhante para pisos originalmente brilhantes e a fosca para pisos foscos.

Laminados texturizados arranhados não podem ser recuperados plenamente, mas ficarão muito mais práticos e bonitos se tratados com estas ceras. A cor é renovada, inclusive.

Veja agora como recuperar a aparência do piso de madeira.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo