Como prevenir ácaros em casa

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Hábitos na rotina de limpeza podem diminuir significativamente a quantidade de ácaros

O que são ácaros

Quem nunca ouviu falar em ácaros? Eles são organismos microscópicos, e que, mesmo tão pequenos, podem causar grandes transtornos à saúde. A pior parte é que a eliminação total é impossível porque eles se alimentam principalmente de pele morta, da descamação natural do ser humano e animais, portanto estão presentes em diversos locais, como, tapetes, carpetes, sofás, bichos de pelúcia, animais de estimação, edredons e travesseiros.

Alergias respiratórias, tais como asma alérgica, rinite alérgica, dermatite alérgica e conjuntivite alérgica podem estar relacionadas ao ácaro, explica Dr. Luiz Werber, médico alergista.

Cuidados e prevenção em casa

A boa notícia é que adotando alguns hábitos para manter um espaço limpo e menos propício à proliferação, podemos diminuir de forma significativa a presença deles.

Lucy Figueiredo, bióloga da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas, Renato Ticoulat Neto, diretor de novos negócios da Jan-Pro (rede especializada em limpeza comercial) e Luiz Werber, alergista, dão dicas de organização e limpeza para prevenir essa presença indesejada.

Dicas para evitar ácaros

  • Materiais sintéticos, tipo poliéster, dificultam a proliferação dos ácaros, pois não servem de alimentos para eles.
  • Devem ser evitadas penas, plumas, lã, latex e/ou borracha natural, travesseiros de algodão e/ou com odores, que são também indutores de alergia e alimentam os ácaros.
  • Arejamento diário dos quartos, não é bom deixar o ambiente fechado o dia inteiro.
  • Expor os colchões, edredons, almofadas e pelúcias ao sol.
  • Aspire regularmente os estofados, objetos e móveis com tecidos ou pêlos.
    <
  • Lave a cada 15 dias os bichos de pelúcia.
  • Exclua o uso de carpetes, pois ele é um dos principais vilões e podem ser descartados.
  • Após dois anos de uso, um terço do peso do travesseiro é formado por ácaros, entretanto, de maneira geral, é indicada a troca nesse período.
  • Opte por cortinas laváveis e de fácil manuseio, e o faça quinzenalmente.
  • Há situações em que o uso de desumidificador é necessário, ele desfavorece a umidade, que gera o crescimento de fungos.
  • Use shampoo antipulgas e se possível tose os animais domésticos.

Observação: No mercado já existem diversos produtos antialérgicos, vale a pena dar uma pesquisada na hora das compras.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo