Como remover os pelos de animais em casa

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Aprenda a prevenir e retirar os pelos de estofados e roupas

Pelos de animais

Shutterstock / WilleCole Photography

Os bichinhos de estimação além de alegrar a casa, passam a fazer parte da família. Porém, mesmo com todos os cuidados do dia a dia, os pelos se espalham nos móveis, estofados e roupas.

Confira algumas dicas sobre cuidados com a casa, e até com os bichinhos para ajudar a diminuir a quantidade de pelos espalhados por aí.

Remoção de pelos dos móveis, estofados e roupas

Rolo adesivo

Shutterstock / Baronb

- Para prevenir os pelos nas roupas, adicione um pouco de vinagre branco na hora de lavar a roupa, ele
ajuda a remover o cheiro e os pelos.

- O aspirador é essencial quando se tem um bichinho em casa. Passe nos móveis, tapetes, cama, cantos da casa a cada dois dias.

- Nos móveis de madeira, passe um pano de algodão umedecido.

- Nos tecidos mais pesados, umedeça as mãos e passe de cima para baixo, repetindo o processo até tirar todo pelo.

- Os rolos adesivos são eficientes e podem ser encontrados com facilidade nos mercados.

-
Esponjas de cozinha também funcionam bem na hora de tirar o pelo dos tecidos. Molhe a parte macia, sem encharcar, e faça movimentos contínuos de cima para baixo, limpe o excesso e repita o processo quantas vezes forem necessárias.

- As luvas de látex (aquelas coloridas de lavar louça) geram estática em contato com tecidos. Coloque as luvas limpas e faça movimentos repetidos, os pelos se juntarão em um lugar, remova e continue o processo.

Como previnir a queda de pelos

Pelos de animais

Shutterstock / Baronb

- Não dê comida normal. Ração deve ser o alimento exclusivo, pois são balanceadas e auxiliam no controle da queda dos pelos.

- Escove diariamente de forma suave e sem força.

- Dê banho regulares no seu pet. Para animais de pelos longos, o banho semanal e tosa mensal é o mais indicado, e para os demais, banho quinzenal e tosa semestral.

- Saia diariamente com seu cachorro, pois eles precisam se exercitar.

- Prefira sofás e poltronas revestidas em couro, que não tem grande aderência aos pelos.

- Estabeleça áreas que estejam fora dos limites para os animais.

- Evite contato diário deles com sofás, camas, tapetes.

- No cantinho do seu bichinho, dê preferência aos pisos antiderrapantes.

- Consulte sempre um veterinário, pois a sujeira é ruim, mas o excesso de higiene também pode ser prejudicial ao animal e o deixa vulnerável a alergias e queda de pelos.

Fontes: Mabel Miranda Vaz, especialista em dermatologia veterinária, Perla Poltronieri, presidente da ONG Catland e Aline Marsal, proprietária de cães com pelos longos.

 

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo