Descarte correto de lixo e reciclagem

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Comum, orgânico, reciclável ou eletrônico, vejam como descartar cada tipo de lixo.

Lixo

O lixo

Quando separamos os materiais para reciclagem estamos habituados a seguir os quatro elementos que são metal, papel, vidro e plástico. Mas você sabe qual a maneira realmente correta de fazer o descarte, e quais são mesmo recicláveis ou não? E os outros tipos de lixo como pilha, celulares, lâmpadas, remédios e óleo de cozinha, vão pra onde? Mesmo dentro da categoria dos recicláveis, existem alguns subtipos que não são e devem ser descartados com o lixo comum.

Descarte correto

Reciclagem

Além do lixo comum no dia a dia, muitas vezes nos perguntamos qual a forma correta de descartar materiais específicos como, celulares, lâmpadas, medicamentos e pilhas. A parte mais grave é que eles incluem metais pesados como chumbo, cádmio e mercúrio, além de outros elementos tóxicos que podem prejudicar o solo e a água.

Celulares e baterias

Podem ser levados para lojas que vendem esse tipo de produto, pois já existe lei que as obrigam a receber. Com relação aos aparelhos eletrônicos, já existem empresas especializadas em recolher esses aparelhos, é possível encontrá-las através de pesquisas na internet.

Lâmpadas fluorescentes

Procure as grandes redes de loja de construção, ou a loja onde comprou, que em geral, possuem nichos especiais para essas peças.

Medicamentos

As substâncias presentes nos remédios podem contaminar água e o solo. Procure farmácias ou a Unidade Básica de Saúde próxima, as caixas de papel e bulas, por não terem contato direto com o remédio, podem ser descartadas no reciclável. Se estiver dentro da data de validade é legal fazer doação para o hospital público mais próximo.

Pilhas e baterias

Descarte de lixo

Mercúrio, chumbo e zinco são apenas algumas das substâncias destes itens. Diversas redes de supermercado e drogarias recolhem estes materiais. Algumas agências bancárias contam com caixas nomeadas de papa-pilhas.

Óleo de cozinha

Nunca jogue óleo em ralos ou vaso sanitários, pois pode causar entupimento. Redes de supermercados ou postos de coleta da Prefeitura já disponibilizam estações de reciclagem. Porém, se não encontrar, o lixo pode ser descartado junto com orgânico de casa, mas em potes bem fechados e certificados de não estarem vazando.

Regra dos três Rs

Para diminuir o volume de lixo, evitar poluição da fauna e flora, otimizar recursos e aumentar a vida útil dos aterros precisamos aplicar no dia a dia a regra dos três ERRES: Redução, reutilização e reciclagem.

Reciclável X não reciclável

reciclagem de lixo

Papéis não recicláveis

Adesivos, etiquetas, fita crepe, papel carbono, fotografias, papel toalha, papel higiênico, papéis e guardanapos engordurados, papéis metalizados, parafinados ou plastificados.

Metais não recicláveis

Clipes, grampos, esponjas de aço, latas de tintas, latas de combustível e pilhas.

Plásticos não recicláveis

Cabos de panela, tomada, isopor, adesivos, espuma, teclados de computador, acrílicos.

Vidros não recicláveis

Espelhos, cristal, ampolas de medicamentos, cerâmicas e louças, lâmpadas, vidros temperados planos.

Dica

Para separar corretamente o lixo reciclável é interessante e higiênico retirar somente o excesso de resíduos dos recipientes, principalmente se estiverem armazenados há algum tempo. Uma ideia para não gastar água somente para isso, é deixar as peças na pia durante a lavagem da louça.

Veja como organizar o lixo reciclável em casa .

Fontes: Heloísa Sundfeld, do Help Personal Assistant e Ana Maria, coordenadora técnica do Instituto GEA.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo