Ensine seu filho a arrumar o quarto

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Torne as tarefas divertidas

Crianças brincando dentro de casa nem sempre é significado de sossego para os pais, principalmente quando envolve bagunça e sujeira. É através das brincadeiras e dos brinquedos que as crianças começam a formar a base de palavras e experiências que usarão nas futuras associações de ideias. Por esse motivo é importante incentivá-las com brincadeiras inteligentes e saudáveis, mas também é preciso que aprendam a guardar e arrumar seus objetos pessoais depois que a diversão termina.

Fazer com que as crianças consigam manter seu entorno limpo e organizado é uma missão para os pais, que devem ensiná-los a lidar com isso logo na primeira infância, como explica a psicóloga Paula Pessoa Carvalho. "A partir dos dois ou três anos, a mãe já pode introduzir procedimentos de organização na vida da criança. Elas não entendem o porquê de fazer, mas fazem a partir do momento em que a mãe começa a brincar com o lado lúdico da organização", ressalta Paula.

Segundo a psicóloga, a partir dos três anos de idade algumas lições de organização que exigem maior coordenação motora já podem ser ensinadas, como dobrar suas próprias roupas e guardá-las no armário, por exemplo. Para os pequenos pode ser difícil compreender a ordem genérica de "arrume seu quarto", porém, se for uma ordem específica, como "dobre a sua roupa e coloque no guarda-roupa ou no cesto de roupa suja", as crianças entendem melhor. Ainda que as tarefas de arrumação não sejam executadas com perfeição, ou às vezes resultem em uma desordem ainda maior, é preciso ter paciência para ensinar. Ao aprender desde cedo, as crianças vão desenvolvendo hábitos saudáveis sem nem mesmo perceber.

A seguir, veja outras dicas para convencer seus filhos a arrumarem o quarto com mais entusiasmo.

Hora de arrumar o quarto

Brincar com o lúdico é a dica da psicóloga para estimular as crianças a manter a casa organizada. "Os pais não podem ser chatos. Se a criança tem capacidade de brincar, também tem capacidade de guardar. Brincadeiras como 'quem guarda mais rápido' ou 'quem guarda mais brinquedos' podem funcionar bem", sugere Paula. É preciso levar em conta a idade de cada criança para desafiá-la com tarefas que ela possa cumprir sem grandes esforços físicos. Dessa forma eles nem vão perceber que estão arrumando a casa.

As crianças conseguem compreender melhor como executar tarefas específicas, por isso, o ideal é dividir e organizar o quarto em tarefas menores, como sugere Melissa Lourenço, home organizer. Segundo ela, dessa maneira fica mais fácil explicar para os pequenos o que eles precisam arrumar e como fazer. A organizer lembra que é importante determinar os espaços onde vão ficar os brinquedos, onde a criança vai estudar, onde vai guardar sapatos, roupas, etc.

Por questão de segurança, apenas prateleiras e móveis mais baixos, que fiquem ao alcance das crianças, devem ser usados. Melissa menciona que é possível separar os brinquedos por tamanho, categoria, idade, ou como os pais preferirem. Para esses casos, a organizer sugere usar caixas organizadoras transparentes, pois assim não será necessário espalhar todos os brinquedos para procurar aquele carrinho favorito. Uma opção interessante para quem quer deixar tudo bem organizado é colocar etiquetas para facilitar a compreensão dos espaços. Mas tem crianças que ainda não aprenderam a ler, nesse caso, ao invés de usar palavras usam-se símbolos e desenhos.

É preciso atenção redobrada para o quarto ser um ambiente suficientemente seguro para elas exercitarem a autonomia e liberdade. Quando corretamente estimuladas, as crianças se sentem orgulhosas por executar aquilo que lhes é pedido, especialmente quando conseguem realizar sem a ajuda dos adultos. "Quando a criança aprende a guardar os brinquedos, ela vai saber onde eles estão quando quiser brincar novamente. Esse tipo de atitude dos pais incentiva a criança a organizar e criar uma certa independência", explica Paula. Um fator importante e que deve ser levado em consideração é não esquecer da altura das prateleiras, a proteção de janelas e tomadas, além do cuidado com objetos e substâncias perigosas.

Veja na próxima página como organizar a casa com diversão.

Arrumação divertida

Depois de preparar o ambiente, é hora de entender as regras do jogo da organização. É importante que as crianças compreendam o motivo de cada regra como um fator de motivação. Deve-se exaltar, por exemplo, as vantagens de estar num ambiente limpo e organizado depois das brincadeiras. "Para a criança é importante criar uma rotina. Criança brinca e guarda os brinquedos todos os dias. Com essa atitude, ela generaliza para outras tarefas. Os pais devem ajudar e estimular até o momento em que se percebe que a criança já faz sem instrução, apenas por repetição", explica Paula.

Para deixar o trabalho mais divertido pode-se usar um mural, como os quadros de cortiça, de ímãs ou para caneta e anotar, de maneira divertida, cada tarefa que deve ser realizada pela criança para deixar todo o quarto em ordem. Quando o hábito de organizar não foi instituído desde pequeno, talvez a criança precise de estímulos, como uma recompensa depois de cada trabalho realizado. A psicóloga frisa que é importante que isso seja deixado de lado com o tempo. É preciso cuidado com imposições, mas às vezes elas são necessárias. Dependendo da faixa etária, as crianças podem ser muito resistentes às ordens. A dica é montar uma lista de afazeres e deixar que escolham o que querem fazer

A regra de colocar os objetos no mesmo lugar depois de tê-los utilizado é de simples explicação e abrange a maior parte das ações que precisam ser realizadas para manter o quarto em ordem. A brinquedoteca deve estar sempre em ordem antes de dormir, os livros devem ir para as prateleiras depois de lidos, a roupa da escola vai para o cesto de roupa suja após a aula e assim por diante.

O momento de organizar o quarto também pode ser uma boa hora para ensinar os filhos a dividir seus brinquedos. Uma vez ao ano eles devem ser convidados a escolher aqueles dos quais tiverem se cansado de brincar para doar a instituições de caridade. Algumas dessas entidades recuperam os brinquedos quebrados, mas você pode ensinar as crianças a cuidarem melhor de seus brinquedos para que durem mais ou para que outros possam brincar com eles depois. O mesmo vale para sapatos e roupas.

Lição para a vida toda

Aos três anos as crianças já conseguem colocar seus brinquedos de volta em seus lugares, limpar com um pano o lugar na mesa onde comeram, colocar suas roupas sujas no cesto e agrupar objetos que estejam espalhados. Dos quatro aos cinco anos de idade, as crianças aprendem como organizar melhor suas coisas, conseguem separar e ajudar na arrumação das compras de supermercado. Crianças de seis a oito anos podem ser ensinadas a arrumar suas camas, regar as plantas, dobrar e guardar suas roupas limpas, ajudar a pôr a mesa, ajudar a lavar o carro e manter seu próprio quarto limpo. "É preciso lembrar que as tarefas devem ser de curta duração e que os pais devem achar todo o esforço válido", comenta Paula Carvalho.

Com os adultos por perto as crianças se sentem mais motivadas a realizar tarefas domésticas. Depois do dia de maratona, para mantê-las comprometidas a deixar seu quarto arrumado, deve-se inventar maneiras divertidas de controle até que o hábito se fixe e as crianças se adaptem à rotina de limpeza. Um ambiente limpo, fresco e lúdico, onde a criança possa brincar com liberdade e segurança, contribui inclusive para sua capacidade de concentração.

Muitos pais ficam indecisos na hora de ensinar seus filhos a ajudarem nos afazeres domésticos, mas esses ensinamentos são tão importantes quando o ensino dos cuidados com a higiene pessoal. Depois dessas lições, a criança estará mais preparada para viver em sociedade, realizar tarefas em equipe e conviver com outras pessoas.

Saiba como montar um quarto de brinquedo e mantê-lo organizado.

Tags:

Comentários


  • 9 de março de 2011 às 00:00
    Olá ! Vi sua aula hoje no programa da Claudete e amei!!! vim correndo virar sua seguidora fiel!!! Vc deu dicas maravilhosas muito obrigada por compartilhar coisas tão úteis a nós donas de casa e mães que necessitamos muito desses ensinamentos!!! O vinagre é meu melhor amigo agora!!! abraços!!
  • 10 de março de 2011 às 00:00
    oi gostei muito adorei muito
  • 29 de dezembro de 2011 às 00:00
    Tem que começar bem cedo mesmo, uma rotina de organizar a própria bagunça é importante até para a vida adulta! As vezes tem crianças mais difíceis de
  • 25 de julho de 2012 às 00:00
    Adorei esse site. Ainda não conhecia mas adorei as dicas dos posts que você coloca, principalmente essa seção especial de organização de todos os cômodos da casa. Eu sou bem chata com isso e sempre procuro novos modos de conseguir deixar tudo certinho, visitarei mais aqui.
  • 28 de julho de 2012 às 00:00
    ESCUTART E FALAR COM AUTORIDADE.
Ir para o topo