Azul dá o tom em ambientes sociais

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Veja a cor em paredes, móveis e objetos

O novo "black" das tendências cromáticas na decoração. A afirmação do arquiteto Marcos Contrera ressalta a força do azul no ramo, cor que teve presença marcante nas duas últimas edições do Salão Internacional de Milão. "Primeiro tivemos o ressurgimento do azul bic nos grandes desfiles de moda, que ditam tendência para o mundo. Logo ela foi absorvida pela indústria moveleira e de artigos para decoração", explica o arquiteto.

As regras do uso da cor dependem do tom escolhido. O que você sente em um ambiente tomado pelo azul claro, por exemplo? Se a resposta for calma ou tranquilidade, contempla o que os estudiosos de cor dizem sobre o matiz. Já virou senso comum afirmar que qualquer cor em excesso não é bem-vinda e, neste caso, tranquilidade demais pode causar sonolência. Por isso, se você quiser pintar a paredes com o tom, prefira ambientes íntimos como o quarto, lugar apropriado para o repouso.

 Living azul e branco

Já o azul marinho é mais versátil e pode fazer uma boa combinação com o branco. As duas cores em estampas florais predominam no ambiente acima decorado pela arquiteta Maitê Maiani. A finalidade da escolha das cores nos móveis e objetos foi proporcionar um espaço acolhedor e refletir o romantismo do casal proprietário da casa e influenciado por uma viagem à Provença, na França.

Tonalidade em diferentes ambientes

A sala de jantar também recebeu as cores nos estofados das cadeiras e no vaso sobre a mesa. Na próxima página, veja como arquitetos exploraram o azul em diversos ambientes.

 Azul dá o tom em ambientes sociais 5

Os arquitetos Marcos Contrera e Marcos Biarari escolheram um tom com uma carga de cinza que deixa a cor mais fechada e mais perto dos tons neutros que predominam na decoração, o que possibilitou a utilização do abajur na vibrante cor amarela. "O uso do azul, por fugir dos tradicionais tons terrosos, indica ousadia também e acaba sendo associado a ambientes mais contemporâneos e que queiram passar jovialidade", salienta Biarari.

Mais ambientes com azul

Outra sala de estar com toques de azul. Cortinas e almofadas azuis contrastam com os móveis neutros e com a claridade natural do living do apartamento de 430 m² assinado pela Rocha Andrade Arquitetura.

 Pastilhas azuis

A solução encontrada pela arquiteta Adriana Fontana para quebrar a neutralidade da cozinha em preto e branco foi aplicar pastilhas azuis em um dos cantos do ambiente.

 Azul na casa de praia

A presença do azul na natureza motiva o uso da cor em muitas casas de praia. O cenário de Angra dos Reis determinou a ideia de integrar o azul royal ou bic ao mar em volta da residência projetada pelo arquiteto Maurício Nóbrega.

Aprenda a usar vermelho na decoração.

Tags:

Comentários


  • 29 de setembro de 2011 às 00:00
    ola estou decorando minha sala e gostaria de algumas dicas...paredes brancas,um sofá de tres lugares na cor azul ,duas cadeiras de ferro vinho...como deve ser as amolfadas, cortina, tapete??????????? me ajudem
  • 29 de dezembro de 2011 às 00:00
    vc ta maluca mulher?
Ir para o topo