Como combinar móveis coloridos na decoração

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Cor dos móveis deve harmonizar com o restante da decoração

Quando pensamos em um ambiente colorido, o que nos vêm à cabeça é a ideia de alegria e descontração. Porém, para chegar a este efeito é preciso usar as cores da maneira certa, para não correr o risco de o resultado causar uma grande confusão visual. Os móveis, por exemplo, devem ter cores que estejam de acordo com o restante dos objetos e também com a pintura do ambiente, criando uma ideia de unidade.

Em projetos de decoração, a escolha das cores depende muito do gosto e da personalidade de cada cliente. Mas o profissional contratado deve saber como usá-las, criando efeitos agradáveis e que não cansem o olhar. Apesar de ser uma escolha bastante particular, cada cor pode expressar sensações específicas. No caso do cinza, por exemplo, temos a ideia de elegância, enquanto que no vermelho estamos querendo proporcionar algo intenso, com energia e paixão. São cores que podem ser usadas em escritórios e home offices, dando um ânimo a mais para quem usa o ambiente para trabalhar.

Já o azul é considerado uma cor conservadora e que ao mesmo tempo nos remete à tecnologia. Além disso, é conhecido por passar uma sensação de harmonia e, por isso, é uma boa opção para ser usada no quarto.

Veja na próxima página dicas para não tornar o ambiente pesado com a cor dos móveis.

Dicas para usar cores

Em ambientes que já têm cores fortes nas paredes, o que por si só já dá um efeito de encolhimento, o ideal é optar por móveis mais neutros, assim como objetos de decoração em tons mais suaves. Eles podem até lembrar a cor das paredes em alguns detalhes, mas não em sua totalidade para que não fique carregado.

Já em ambientes com paredes de cores neutras, como branca ou creme, os móveis são importantes para criar um efeito de contraste, ganhando destaque neste conjunto. O uso das cores é liberado, mas a dica é procurar usar sempre tons que conversem entre si, sempre na medida e proporção certas.

Combinações dos móveis com o ambiente

Quando falamos sobre cores não é preciso pensar apenas em tonalidades vivas, como as já citadas. O marrom misturado ao preto, por exemplo, causa um efeito extremamente harmonioso, além de muito elegante. Para obter este resultado, a sugestão é combinar móveis de madeira com objetos escuros.

Todos os ambientes da casa podem receber móveis coloridos, porém, é preciso ter cautela. Em ambientes menores, priorize uma peça, enquanto em espaços mais amplos é possível usar a criatividade e optar por mais de um móvel sem correr o risco de que eles briguem entre si.

É bom lembrar que apesar de algumas combinações serem mais harmoniosas do que outras, nada é proibido e tudo depende da criatividade e do gosto de cada um. Por isso, devemos buscar projetos e profissionais que tenham experiência para traduzir em cores o que estamos sentindo, para que a paleta escolhida seja realmente motivo de festa.

Continue lendo: A influência das cores na decoração.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo