Como criar um espaço zen em casa

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Quando alguém me fala em relaxamento uma primeira coisa que vem à minha mente é um local para meditação ou um SPA. Mas não necessariamente precisa ser assim. Ele deve ter muito mais a ver com a atividade que causa prazer e tranquilidade , por isso, não há um padrão a ser seguido, mas ideias.Um refúgio de relaxamento com a sua cara! Nossa, parece um sonho.Spa

PAC Imagens - Sidney Doll

Pode ser uma área externa com muita natureza, um belo jardim, uma piscina ou um canto da casa com pufes, sofá ou futon. Pode ser desde um grande quintal a um lugar pequeno, debaixo da escada, dentro de um closet pouco usado, na sala de banho, na varanda, simples ou sofisticado, com materiais bem acessíveis, mobiliário já existente e decoração com objetos pessoais até projetos com automação do som e da iluminação.
Pode servir para meditar, ouvir música, ler, dançar, cuidar de plantas, fazer um banho de imersão, massagem, ou simplesmente descansar após um dia cheio. Enfim, o que importa é ele ser confortável, aconchegante, convidativo e agradável para se "esquecer" da vida.

Encontre o espaço ideal

Quintal

J.Vilhora

  • Esse local pode ser criado em qualquer cômodo, em casa ou apartamento.
  • As características e a área disponível no imóvel devem ser levadas em conta, mas não podem ser limitadores.
  • Mesmo em espaços pequenos é possível ter um refúgio.
  • Busque um lugar com pouco movimento, silencioso e, se possível, bem ventilado, com uma iluminação agradável e uma vista bonita.
  • Esse local pode e deve explorar vários sentidos. Use a criatividade e dê seu toque pessoal a esse cantinho.

Este espaço tem que contemplar nossos 5 sentidos:

Visão, tato, olfato, audição e paladar

Visão

Varanda

Divulgação/Erica Salguero

  • Dê preferência para cores neutras e tons claros, que transmitem tranquilidade, como o azul, que é calmante, para um sono tranquilo, o verde, cor da natureza, que traz harmonia e equilíbrio, o violeta, que aumenta a introspecção, e o bege, que também é calmante e acolhedor.
  • Nada impede que sejam utilizadas outras cores, mas vale a pena pesquisar como elas atuam. Por exemplo, para uma pessoa agitada, ter esse ambiente com uma parede vermelha, que é estimulante e energética, pode aumentar a inquietude.
  • Pode-se trabalhar com luz natural e luz indireta, nesse último caso, com dimerização, luminárias, entre outras opções que contribuem para um espaço ainda mais aconchegante.
  • Se o espaço for utilizado para leitura, não esquecer que é necessária uma luz apropriada.
  • Divisórias vazadas dão um efeito legal e permitem brincar com a iluminação.
  • Outra dica é usar materiais naturais nos acabamentos, como madeira, pedras e tecidos naturais.
  • Plantas também são bem-vindas, e podem estar em vasos ou jardins verticais. Algumas espécies indicadas: flor de maio, orquídea, comigo ninguém pode, azaleia anã, palmeirinha, gérbera, jiboia, ráfis, lírio da paz, espada de São Jorge, tulipa e begônia.

Tato

Espaço de relaxamento

Martin Szmick

  • Os móveis dependerão das atividades que serão desenvolvidas nesse local, mas, como regra geral, devem ser confortáveis e com tecidos macios, como, por exemplo, seda ou camurça.
  • Móveis apropriados: poltronas - muito indicadas para leitura -, chaise, futon, tapete para meditação ou até mesmo pufes e almofadas.
  • Tapete: complementa a sensação de aconchego, então, é interessante escolher um que seja agradável andar descalço sobre ele.
  • Ter temperatura ambiente adequada também é muito importante.
  • Considere colocar uma lareira portátil que, além de aquecer, dá charme ao ambiente.
  • Tenha cristais, pedras, mantas ou outros objetos que agucem o tato.
  • Cadeira massageadora, ofurô ou banheira de hidromassagem podem ser boas opções se houver espaço disponível.

Audição, olfato e paladar

Espaço de relaxamento

Divulgação/Erica Salguero

  • Os sons também são grandes aliados do relaxamento, sejam da natureza, música instrumental ou outro estilo de sua preferência.
  • Colocar uma fonte de água estimula o clima de tranquilidade.
  • Velas aromáticas, aromatizadores de ambiente, incensos, caixinhas de madeira com folhas secas e arranjos de ervas aromáticas, como o alecrim, hortelã, lavanda, erva-doce e camomila, podem complementar o ambiente.
  • Tenha uma mesa pequena, uma bandeja ou outro apoio para chá, café, suco, vinho e petiscos.

Você vai saber compor seu espaço de relaxamento. Use sua criatividade e aproveite seu cantinho de descanso. Comente e nos dê mais dicas.

Beijocas estaladas

Bebel

Veja mais ideias de

ambientes relaxantes para inspirar.

*Dicas de: Maximira Durigan, designer de interiores; Érica Salguero, arquiteta; Andréa Teixeira e Fernanda Negrelli, arquitetas; Thaysa Godoy, designer de interiores; Cristiane Schiavoni, arquiteta; e Márcia Brunello, arquiteta.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo