Como produzir composto orgânico através da compostagem

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Um excelente adubo para suas plantas!

Um dos maiores problemas ambientais da atualidade é a destinação do lixo. Todos nós podemos contribuir para minimizar esse problema, separando o lixo para reciclar. Existe, porém, uma parte dos resíduos que não é passível de reciclagem. Trata-se do lixo orgânico: cascas de frutas e ovos, restos de verduras, borra de café, ossos de frango, folhas, grama cortada, etc.

O lixo orgânico é rico em nitrogênio e outros elementos essenciais para os vegetais. Ele pode ser reciclado através de um processo de fermentação chamado compostagem, o qual o transforma em um rico adubo (composto orgânico) para trazer mais saúde e beleza às plantas de sua casa.

Escolhendo uma composteira

Tipos de composteiras

Para fazer o composto orgânico caseiro você vai precisar de uma composteira.

Como composteira podemos utilizar vários tipos de recipientes, o essencial é que sejam grandes, bem ventilados e com aberturas para o escoamento da água. Podem ser utilizados:

  • tambores usados de ferro
  • tanques feitos de tijolos
  • grandes caixas de madeira ou de tela de arame,
  • ou cavar um buraco na terra, caso tenha quintal em casa.

Onde colocar a composteira

Embora as composteiras necessitem de água, luz e ventilação, devem ser colocadas em locais onde estes elementos não sejam excessivos.

O ideal é colocá-las à sombra, em local protegido de fortes ventos e onde a água da chuva possa escoar adequadamente.

Como fazer a compostagem

    Lixo orgânico

  1. Forre o fundo da composteira com uma camada de aproximadamente 10 a 15 cm de folhas, galhos ou palha que são materiais secos que auxiliarão na aeração do composto e na absorção do excesso de água. Depois, regue para umedecer esta primeira camada.
  2. Adicione uma camada também de aproximadamente 10 a 15 cm de lixo orgânico. Umedeça.
  3. Adicione uma camada de terra sem compactá-la e umedeça.
  4. Depois, vá alternando uma camada de lixo orgânico com uma camada de terra , sempre em camadas de aproximadamente 10 a 15 cm e umedecendo as camadas para que a umidade da compostagem seja uniforme.
  5. A última camada deve ser de terra . Acomode a terra da última camada de maneira que cubra totalmente a camada de lixo orgânico logo abaixo.
  6. Tampe a composteira para evitar atrair insetos ou moscas que depositem ovos no composto.

  7. Regue e revire o composto com uma pá, de dois em dois dias para permitir melhor ventilação, depois tampe novamente.
  8. Na hora de regar, tome cuidado para não encharcar o composto que deve ser apenas umedecido.

Informações adicionais para o manejo de sua composteira

Processo de compostagem

Adicionar jornal umedecido ao lixo orgânico pode fazer com que este seja decomposto mais rapidamente. Isso porque os resíduos dos alimentos, vegetais, leite e cascas de ovos são ricos em nitrogênio enquanto o jornal é rico em carbono .

É justamente o equilíbrio entre esses dois elementos químicos que, além de acelerar o processo da compostagem, torna o composto produzido mais rico para as plantas. Portanto, não exagere ao acrescentar o jornal umedecido: uma ou duas folhas para cada camada deve ser o bastante.

Como utilizar o composto

Outra dica que pode tornar o processo da compostagem duas vezes mais rápido é adicionar à primeira camada da compostagem, algumas minhocas (podem ser adquiridas em lojas de jardinagem).

Como há fermentação no processo de compostagem, é normal que a temperatura chegue a 60 ou 65º C dentro da composteira. Somente quando o composto já estiver pronto, a temperatura deve ficar abaixo de 37º C.

Em aproximadamente três meses seu composto estará pronto . Ele estará com uma coloração de terra preta, com consistência solta, muito leve, e um cheiro gostoso de mato!

Agora é só aproveitar seu composto orgânico! Misture uma parte do composto com duas de terra e espalhe pelos seus vasos, hortas e jardins!

Plantas sadias trazem mais vida à decoração e ao paisagismo de sua casa.

Saiba que outros cuidados você deve ter com seu jardim lendo como cuidar de seu pequeno jardim.

Tags:

Comentários


  • 16 de julho de 2007 às 00:00
    achei ótima essa reportagem de jardinagem.... excelente, estava precisando dessas dicas.
  • 6 de setembro de 2007 às 00:00
    ótimo esses infornações devem ser mais divulgada
  • 4 de junho de 2010 às 00:00
    Olá!!
    Adorei a idéia de como produzir composto orgânico, realmente deve ser mais divulgada essa idéia..
    bjs e parabéns pela matéria.
  • 29 de junho de 2010 às 00:00
    Adorei a matéria, e tenho um sistema parecido só que com grama seca que cobre as camadas e numa vala de 10 metros de cumprimento por 50 cm de prof. e 60 cm de largura, funciona tão bem que vendo o composto para meus vizinhos e amigos e o processo é acelerado com a grande quantidade de minhocas que tambémjá estou vendendo.
  • 16 de setembro de 2010 às 00:00
    Exelente essa matéria. Assim teremos um bom componente para nossas plantinhas e reciclando nosso lixo rão rico.

    Parabéns!
    vou colocar a indicação em meu blog com os devidos créditos e também colocar o Site em espaço especial para indicação. Assim muitos(as) poderam aprender mais assim como eu!
    Beijos!
  • 18 de abril de 2011 às 00:00
    achei excelente essa reportagem sobre como fazer composto organico que e ecologicamente, correto. Se todos fizerem a sua pequena parte, contribuimos com a preservaçao da terra, cuidamos da nossa saude com alimentos saudaveis, sem quimicas, inclusive sem risco de queimar as plantas.
    Parabens!E tudo de bom!
  • 29 de janeiro de 2012 às 00:00
    nossa essa receita é tudo de bom ,vou fazer pois pretendo fazer uma horta com pneus velhos e presizava de um adubo organico. muito obrigado.
  • 12 de fevereiro de 2012 às 00:00
    Sempre fiz compostagem de lixo orgãnico, para jardinagem não tem melhor, minhas plantas crescem sem nem um aditivo químico. É fácil e barato.
  • 19 de agosto de 2012 às 00:00
    como fazer sua compostagem
Ir para o topo