Como usar vasos na decoração

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Material deve combinar com o restante da decoração

Todos desejam morar em uma residência cheia de estilo e glamour. Não há dúvida que muitos objetos ajudam a compor ambientes com estas características, mas, entre eles, os vasos fazem parte da comissão de frente. Isso se dá não só pelo design, mas também pelos materiais de fabricação, que conferem charme ao ambiente do qual venham a fazer parte.

Entretanto, usá-los na decoração requer atenção às tendências. Para a sala de estar, por exemplo, os mais indicados são os vasos de cerâmica, vidro, barro e porcelana. Já para ambientes mais rústicos, como varandas, jardins e quintais, é possível usar modelos de cimento, cerâmica e barro. Todavia, se a intenção é ser chique, os ideais são os de cerâmica vietnamita, vitrificados, terracota e arenito.

Veja na próxima página como incrementar a decoração com criatividade.

Use a criatividade

O que determina a quantidade e o tamanho dos vasos em cada cômodo é o gosto do morador. Porém, eles não são muito indicados para os quartos, principalmente se houver crianças em casa, já que estes objetos são frágeis.

Além de serem bonitos e elegantes, são acessórios que permitem extravasar no quesito criatividade. Eles podem conter grafismos, imagens de flores, elementos subjetivos, até casca de árvore,  pedrisco ou folhagens.

Independente do material, cor, tamanho ou local em que será colocado, o vaso é mais uma peça na decoração e deve estar em harmonia com o restante do ambiente. Mas, como a decoração não é um campo com muitas regras, as tentativas são permitidas, afinal, outra vantagem dos vasos é que eles, em geral, podem ser trocados de ambiente facilmente, ajudando a compor outros estilos nos mais diversos cômodos, mas nunca deixando para trás o estilo de sempre.

Veja também como as almofadas podem mudar a cara dos ambientes da casa.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo