Conforto e funcionalidade no home office

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Ambiente pode integrar trabalho e relaxamento

A necessidade de trabalhar em casa muitas vezes torna-se desconfortável devido ao despreparo do ambiente para realizar tal tarefa. Ao mesmo tempo, a reprodução de um ambiente empresarial em casa pode acarretar em conflito com a decoração atual ou até mesmo tornar o ambiente monótono e cansativo. Pensando nesses pontos, os projetos para home office apresentam, em sua maioria, integração com outros cômodos da casa, tornando os espaços multifuncionais sem perder o aconchego do lar.

"A ideia é que o home office fique com menos cara de escritório por estar em casa, mas que também permita que a pessoa possa se isolar e se concentrar. É preciso criar um ambiente onde também se possa aproveitar para relaxar sem necessariamente mudar a arquitetura do espaço", comenta a arquiteta Agnes Manso.

Cida Moraes, designer de interiores e produtos, sugere que os projetos sejam pensados a partir das necessidades das pessoas, levando em consideração as limitações do espaço. Agnes explica que o home office pode ser planejado em um cômodo independente, porém, demanda de um espaço exclusivo, o que é cada vez mais raro nas construções modernas.

Para conceber o projeto acima, Agnes Manso e Maria Alice Miglorancia uniram o gosto pelo ciclismo do cliente com o pouco espaço disponível para montar o home office. As cores claras favorecem para que se tenha a percepção de um ambiente maior do que realmente é. Os móveis sob medida, como as prateleiras e o balcão ao fundo, contribuíram para organizar o ambiente. A mesa do home office também foi projetada para melhor se adequar ao ambiente. A opção pelo computador sem gabinete e com teclado e mouse sem fio valorizou o espaço, pois dispensa o excesso de fiação aparente, um dos problemas de quem tem pouco espaço para montar seu home office.

Confira na próxima página como compor o ambiente.

Compondo o ambiente

A tecnologia ajuda bastante quem tem pouco espaço para montar seu escritório em casa. Notebook, roteador e impressora wireless tornam-se itens praticamente obrigatórios para compor o home office, pois eliminam a necessidade de se usar vários cabos para conexão. "Outro fator a se levar em consideração na hora de projetar o escritório é a quantidade de material necessário para consulta no dia a dia. Eles precisam estar em um local de fácil acesso", aponta Cida Moraes.

Cida aponta como tendência para os home offices o uso de móveis versáteis e sustentáveis. "Para tornar o ambiente mais aconchegante, evite as tradicionais mesas de escritório", sugere. Segundo a decoradora, a marcenaria ajuda a resolver problemas de espaço, otimizando o ambiente. Outra dica da decoradora é usar um carrinho de pratos, que facilita o transporte de documentos, além de ser um excelente apoio para gaveteiros móveis, abajures, caixas organizadoras, pastas e outros materiais de consulta.

O tempo que o home office servirá para trabalhar também deve ser avaliado para concepção do projeto. Cida e Agnes reforçam sobre a importância de usar móveis ergonomicamente corretos. Altura da mesa, cadeira e suporte para os pés devem ser priorizados para evitar lesões, principalmente na coluna. Segundo Cida, para evitar problemas, as articulações do tornozelo, joelho e bacia devem sempre estar dobradas em um ângulo de 90° quando a pessoa está sentada.

O projeto da arquiteta Denise Monteiro optou pelas cores mais fortes, pois o espaço destinado para criação do home office tinha um espaço razoável. A arquiteta também optou pelos móveis planejados para um melhor aproveitamento do ambiente. A estante, na lateral, abriga a biblioteca do home office e o espaço para alguns itens da decoração. A cor amadeirada combina com o piso, também em madeira, e contrasta com o teto e as paredes do cômodo.

O teto foi rebaixado e spots de luz contribuem para o clima intimista do ambiente. Como o computador usado é do modelo desktop, com o uso de gabinete, a saída foi projetar uma mesa com passagem dos cabos pela lateral.

Confira na próxima página dicas para decorar seu home office.

Decoração

O estilo de decoração depende basicamente do espaço, do orçamento e do estilo pessoal do proprietário. A arquiteta Denise Monteiro aponta como uma das tendências para esse tipo de ambiente o uso de materiais ecologicamente corretos, como as lâmpadas de LED, o uso de luz natural e o reaproveitamento de produtos. "Um home office tem que ser descontraído. Integrá-lo ao living ou a outros ambientes também é bacana pois torna o ambiente mais leve", afirma Denise.

Ambientes pequenos pedem móveis planejados para poder acomodar todos os objetos e utensílios de trabalho. "Minha sugestão é para usar móveis claros, pois eles dão a sensação de ampliar o ambiente", comenta Cida. Para Denise, o principal ponto de partida é pensar em transformar um canto da sua casa no seu escritório, priorizando a funcionalidade, o conforto e a beleza. Os móveis devem ser pensados conforme a necessidade e uso da pessoa. Agnes Manso lembra que outro fator que é favorecido pelo uso de móveis projetados é que a fiação pode ser embutida, evitando o acúmulo aparente de fios.

Outro ponto a se avaliar, segundo Cida, é a iluminação do ambiente. Para resolver problemas de cômodos escuros, a sugestão é usar a criatividade para combinar luminárias, luz direta e indireta. Agnes sugere o uso de sancas e lâmpadas LED, pois segundo a arquiteta, esse tipo de iluminação não cansa a vista. As paredes também podem ser usadas para colocar ganchos e prateleiras estreitas que otimizam o espaço. Para organizar a bagunça, Denise sugere o uso de caixas organizadoras, pois elas podem ser usadas também como objetos de decoração.

A miscelânea de cores pode assustar quem vê os objetos separados, porém, o projeto da designer de interiores Cida Moraes mostra que é possível usar cores fortes e ter um ambiente harmonioso e sofisticado. O projeto contempla o uso de um aparador como bancada de trabalho, que também pode ser usado, segundo a designer, como mesa para duas pessoas. O piso de madeira tem um tom mais claro, seguindo a mesma linha de cor da chaise long. Os elementos decorativos seguem as linhas de cores que tendem ao marrom esverdeado. O teto também foi rebaixado com gesso e o uso de spots de iluminação contribuem para que a pessoa possa relaxar inclusive enquanto trabalha.

Continue lendo: Nichos organizam e decoram.

Tags:

Comentários


  • 28 de dezembro de 2011 às 00:00
    Muito rica essa matéria!
    Tania
  • 9 de março de 2012 às 00:00
    manda
  • 6 de julho de 2012 às 00:00
    nada a ver essa bicicleta ai em cima!! aff coisa de louco
Ir para o topo