Conheça os tipos de aparelhos de ar condicionado

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Espaço para instalação determina o tipo de aparelho mais indicado

A busca pelo conforto térmico, principalmente nas mudanças de estação, é responsável pelo aumento na procura de aparelhos condicionadores de ar.

Atualmente o mercado disponibiliza diversos modelos, divididos nos tipos split, janela e portátil. As diferenças básicas encontradas são em relação ao ruído, consumo energético, espaço ocupado, instalação, função quente e frio, além da capacidade térmica, medida em BTUs, que pode variar para tornar o ambiente mais confortável. Conheça as características dos tipos e saiba qual é o mais indicado para equipar a sua casa.

Aparelho de ar condicionado portátil

Thiago Stapazzoli, engenheiro mecânico da Refrigeração Manchester, em Joinville, explica que esse tipo deve ser a opção apenas para quem tem alguma limitação física no ambiente. Isso se dá pelo fato do aparelho reunir em uma única caixa o compressor e o exaustor de calor do equipamento, o que faz com que o barulho produzido fique todo dentro do cômodo. Segundo Thiago, o ideal é que ele seja usado eventualmente, como em uma viagem para a praia. Mauro Apor, gerente de produtos de ar condicionado residencial da LG, explica que o termo portátil dá a falsa sensação de que o produto pode ser levado facilmente de um cômodo para o outro. "O termo correto seria aparelho de ar condicionado móvel, pois devido ao seu tamanho e peso, sua portabilidade fica limitada. Além desse fator, o tubo de exaustão de calor e o sistema de condensação de água também podem exigir algumas adaptações no ambiente", explica Mauro.

A instalação do aparelho móvel é simples, mas o ponto negativo é o desconforto acústico, do sistema de condensação e do tubo de exaustão de calor. Os aparelhos condicionadores de ar do tipo portátil possuem um coletor interno para a água produzida pelo equipamento enquanto ele funciona. Thiago explica que ao atingir um determinado limite desse reservatório, o equipamento desliga para que a água possa ser retirada. Outra opção, segundo o engenheiro mecânico, é instalar uma mangueira em uma saída própria para essa finalidade no aparelho, responsável por levar a água para um ambiente externo, o que evita o armazenamento do líquido e a suspensão automática do funcionamento para retirar a água.

O tubo de exaustão de calor também deve ser levado em consideração quando esse modelo de aparelho for escolhido para equipar a casa.

Devido ao diâmetro e a necessidade de ser instalado em um ponto com saída para a área externa, a estética e a decoração do ambiente podem ser prejudicadas.

Confira abaixo o simulador que o Portal BBel produziu para determinar a capacidade aproximada que o aparelho de ar condicionado precisa ter para climatizar os seus ambientes. Lembrando que esses valores são aproximados e apenas para referência. Antes de comprar seu aparelho de ar condicionado, procure um especialista.

Conheça na próxima página as características dos aparelhos de ar condicionado do tipo split e janela.

Conheça os aparelhos de ar condicionado tipo split e janela

O aparelho de ar condicionado Split, mais utilizado atualmente, também é o mais recomendado pelos especialistas na hora de equipar os ambientes da casa. A principal característica desse tipo é que ele é dividido em duas partes, sendo uma interna, responsável pela distribuição do ar, e outra externa, que é onde fica o compressor.

Vantagens do ar condicionado modelo split

Umas das principais vantagens oferecidas pelo ar condicionado do modelo split é o baixo ruído produzido pelo aparelho. Isso porque o compressor, parte responsável pelo resfriamento, sucção e exaustão do ar, fica localizado na parte externa do imóvel. A estética do ambiente também é favorecida, pois o gabinete instalado na parede ou no teto é mais discreto que os do tipo janela ou portátil.

Além do fator estético, os aparelhos tipo split contam com variação de modelos, como é o caso do cassete. A principal característica desse ar condicionado é que a sua instalação no ambiente fica em um ponto mais central, o que facilita a climatização do cômodo como um todo. Segundo Mauro Apor, esse modelo é mais voltado para ambientes comerciais, pois sua instalação demanda teto rebaixado em pelo menos 25 cm para comportar a saída de ar. "Esse modelo não é muito comum em residências devido à altura de rebaixamento do forro. Por convenção de mercado, o modelo cassete é classificado como um aparelho para fins comerciais, mas isso não impede a sua instalação em residências, desde que o teto possa ser rebaixado sem prejudicar a estética do imóvel", orienta Mauro.

Ar condicionado tipo janela

Cada vez mais em desuso por conta do tipo split, os aparelhos de ar condicionado do tipo janela estão mais escassos no mercado, sendo usados apenas em construções mais antigas. Esse tipo de aparelho, assim como o portátil, concentra em um único gabinete todo o mecanismo de resfriamento e exaustão, e suas desvantagens são o ruído no cômodo, a estética interna do ambiente e externa do imóvel.

Confira abaixo qual é o gasto aproximado do seu equipamento eletrônico. Vale lembrar que essa calculadora desenvolvida pelo Portal BBel é apenas para embasamento aproximado do impacto na conta de luz, podendo variar conforme valores praticados pela concessionária ou até mesmo divergindo das informações que constam no manual do usuário.

Você sabia que o ar condicionado é de fácil instalação e tem baixo impacto na conta de luz?

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo