Dicas para montar um cantinho de estudos funcional e atrativo

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Olá, pessoal! Vocês sabiam que estimular a criatividade, o hábito de estudar e melhorar o desempenho escolar são algumas vantagens de ter um cantinho de estudos em casa? Mas atenção: a desordem e a bagunça podem influenciar negativamente na capacidade de aprendizado, por isso é sempre importante manter o espaço organizado.

Confiram dicas de como preparar uma área funcional e bem atrativa!

Quarto com cantinho de estudo

Marcelo Stammer / Projeto: Cristiane Costa Maciel e Sony Luczyszyn

Cantinho de estudos no quarto

Quarto com cantinho de estudo

Osvaldo Castro

Nem sempre tem um cômodo inteiro disponível para projetar um cantinho de estudos, mas vale utilizar um espacinho em outro ambiente, como o quarto. Neste caso, o ideal é setorizar os espaços quando a realidade arquitetônica do cômodo permitir, por exemplo, separar a área de descanso, área de brincar e área de estudar.

Dica esperta

Uma maneira de demarcar os ambientes é usar papel de parede. Além de fácil aplicação e custo/ benefício acessível, o revestimento ajuda a delimitar os espaços de forma harmônica, além de agregar mais charme à decoração.

Iluminação

Cantinho de estudo

Douglas Daniel/ Projeto: Andréia Gonzaga

  • É importante que seja um espaço iluminado e arejado;
  • A luz natural deve ser aproveitada. Então, posicionar a bancada embaixo ou ao lado da janela é o ideal;
  • A luz artificial pode suprir bem as necessidades da prática de leitura e escrita. O uso de luminárias de pé ou de mesa direcionadas na bancada resolvem esta questão.

A escolha dos móveis

Cantinho de estudos

J.Vilhora / Projeto: Evelin Sayar

Para o cantinho de estudos se tornar uma fonte de inspiração, uma boa ideia é caprichar no estilo e diversificar tanto nos móveis quanto nos itens. Vale tudo: uma escrivaninha com toque vintage, um gaveteiro bem colorido, uma luminária moderninha e, até, um papel de parede criativo.

  • Seja no quarto ou num outro cômodo da casa, a área de estudos deve ser planejada considerando o conforto. Por isso, os móveis devem ser ergonômicos, ou seja, planejados para a estatura de cada pessoa;
  • A começar pela bancada: O móvel deve ter no máximo 50 cm de altura para crianças até 10 anos e, depois disso, 78 cm. Sendo assim, a peça já pode ser projetada com regulagem de altura para atender essa mudança futura;
  • A profundidade sugerida para a bancada é de 60 cm e a largura de 1 m;
  • Móveis planejados são indicados, pois aproveitam ao máximo o ambiente disponível;
  • Mesmo em espaços que serão usados por crianças, a dica é planejar móveis não tão baixos, porque elas crescem rápido. As cadeiras com opções de regulagem são indicadas para longos períodos de uso.

Cores

Cantinho de estudos

Divulgação/ Projeto: Barbara Purchio

  • Não existe uma regra sobre quais cores usar, mas é melhor evitar os tons de cinza, preto, vermelho e roxo, pois costumam tirar o foco;
  • A dica é segmentar um pequeno espaço com cor. Para quem precisa montar um home office ou ambiente de estudo em casa, mas não tem um cômodo sobrando, esta é uma excelente alternativa;
  • O home office ou cantinho de estudos pode ser criado em uma pequena parcela da parede da sala ou do quarto, delimitada por uma cor de destaque na largura da mesa de trabalho, que pode ser simplesmente uma prateleira na parede.

Organização do cantinho de estudos

Cantinho de estudos

Divulgação/ Projeto: Guardini Stancati

  • Uma dica é usar móveis com gavetas para separar objetos que as crianças usam no dia a dia escolar e aqueles que elas usam somente para brincar. Isso é fundamental para não distrai-las durante os estudos;
  • Nichos e gavetas são essenciais para organizar e guardar os materiais;
  • Escolha móvel versáteis, com gavetas e prateleiras em diferentes tamanhos para usar e abusar na hora de organizar o espaço;
  • Uma coisa que não funciona é poluir o espaço com muitos itens, principalmente em cima da bancada. Quanto menos coisas para desviar a atenção, melhor.

Ótimas essas dicas, não? Agora, mãos à obra!

Beijocas estaladas!

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo