Estilo retrô traz charme à decoração da casa

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Objetos e móveis de design antigo sofisticam o ambiente

O termo retrô significa retroceder a tempos antigos e, no caso da decoração e design de produtos, se baseia nas tendências que marcaram as décadas de 50, 60 e 70. Quando se diz que algo é retrô isso significa que naquele objeto, peça, roupa ou decoração há um resgate desses traços antigos. Normalmente é feita uma brincadeira com isso e cria-se um paralelo desse design com o tempo presente e até com o futuro. Essa é uma mistura diferente de elementos que combinam com diversas composições, principalmente na decoração.

A procura por móveis e objetos retrôs para decorar a casa cresceu nos últimos tempos e a arquiteta e decoradora Brunete Fraccaroli acredita que essa busca pelo diferente vem da vontade que as pessoas têm de que suas casas reflitam sua personalidade e estilo. Outra grande razão seria criar um ambiente mais aconchegante dentro do lar. "Principalmente em cidades grandes e por diversos motivos, todos estão passando cada vez mais tempo dentro de suas próprias casas", observa Brunete.

Veja na próxima página como harmonizar ambientes onde foram usadas as tendências retrô.

Harmonizando o ambiente

A decoração retrô traz a mistura de cores diferentes, objetos marcantes, estampas chamativas e, por essa razão, a cor das paredes dos ambientes deve ser escolhida com cautela. A designer de interiores Daniela Colnaghi ressalta que o ideal é que as cores sejam neutras para que os objetos retrôs e o mobiliário chamem mais atenção: "A harmonia das cores e a simplicidade dos tons são essenciais para o destaque do design e da cor vibrante de uma peça retrô", completa.

Outra preocupação na hora de decorar o ambiente, seguindo tendências retrô, é conseguir harmonizar os objetos e móveis para que ele não fique pesado ou brega. Denise Monteiro, arquiteta e proprietária da empresa Denise Monteiro Arquitetura & Interiores, dá a dica: "Para evitar exageros, é preciso prestar atenção na dosagem e pensar no resultado de maneira completa em vez de focar nas peças individualmente. Se você juntar muitos objetos e mobília de cores e design semelhantes a tendência é que as pessoas enxerguem isso como um só bloco e não como uma decoração com mix de elementos." Denise complementa orientando que o ideal é colocar um pouco de cada coisa, formando assim um conjunto harmonioso.

Composição do espaço retrô

Brunete Fraccaroli lembra da importância de objetos marcantes num ambiente retrô e diz que no lugar onde foi aplicada essa tendência podem ser usados objetos específicos do estilo, como as grandes poltronas. Aparadores, cômodas e eletrodomésticos com esse design também são bem vindos. Já as cores, segundo Brunete, dependem do conceito do projeto e vontade do cliente. Ela ainda ressalta que cores trazem vida e movimento a qualquer ambiente e, mesmo ele sendo retrô, não existe uma cor específica.

Fabiana Zanetti que é diretora de marketing da loja virtual, onde são encontrados muitos objetos retrô, Loopday, e também adepta a esse estilo em sua casa, diz que o ambiente retrô harmonizado deve ser composto pela mistura do básico, do moderno e das peças retrô. "Se você usar um ambiente inteiro com todos os objetos no estilo retrô, a tendência é que sua casa fique parecendo um cenário. É essencial que haja uma mistura do básico nesse meio. Por exemplo, em um sofá mais neutro jogue almofadas no estilo retrô, coloque em móveis modernos um relógio desse estilo ou decore uma parede de cor neutra com plaquinhas de produtos ou propagandas antigas."

Leia na próxima página mais sobre a popularização do estilo retro.

Retrô popular

Uma das dúvidas e confusões mais frequentes quando se fala sobre o estilo retrô é em relação a diferença do retrô e do vintage. Quem pensa que os dois são a mesma coisa, muito se engana. O vintage traz itens naturalmente envelhecidos e que são reaproveitados, como uma roupa de um brechó ou um relógio ou brinco passado de mãe para filha há muitas décadas. Já o retrô é o atual que remete ao passado, ou seja, o uso apenas da aparência e design de épocas antigas, mas com tecnologia ou acabamento recentes como, por exemplo, rádios de design retro que contam com entrada para iPod e leitor de MP3.

Atualmente existem várias lojas especializadas em vender objetos e móveis nesse estilo. Sem fazer muito esforço você consegue encontrar molduras, castiçais, telefones, rádios, cofrinhos, luminárias, porta-retratos, relógios de parede, jogos americanos, almofadas e vários outros produtos com o design retrô. Outro objeto que caracteriza esse estilo e é muito fácil de achar são os quadros com imagens de personalidades que marcaram as gerações passadas, como Marilyn Monroe, Elvis Presley, James Dean, Audrey Hepburn e The Beatles. É que com o sucesso e a procura por esse estilo, as lojas estão incluindo cada vez mais produtos retrôs em suas opções.

Aumentam as opções

Marina Carvalho, arquiteta, designer de interiores e diretora do escritório Marina Carvalho Arquitetura, lembra que a procura por objetos retrôs está tão intensa que muitas marcas decidiram investir nisso. "Acredito que o retrô é uma tendência mundial, consequentemente com reflexos no Brasil. Com isso, foi inevitável o aumento da procura por objetos que remetem a esse estilo e várias marcas do ramo de móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e acessórios para a casa já aderiram, chegando a criar linhas inteiras dedicadas ao estilo."

Saiba mais sobre o estilo retrô na decoração.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo