Nova praga é detectada atacando gramados de São Paulo

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Insetos que atacam pastagens agora aparecem nos jardins das grandes cidades.

Um gramado verde e bem cuidado em casa é sempre um motivo de orgulho e prazer para seu dono, mas isso não acontece naturalmente. Para atingir resultados satisfatórios nessa parte importante do jardim, o gramado precisa de muitos cuidados e atenção constante. Podas periódicas, remoção cuidadosa de folhas velhas, irrigação e controle de plantas invasoras são operações indispensáveis.

Ocasionalmente mesmo gramados antigos e bem cuidados podem apresentar problemas causados por doenças e pragas.

Gramados bem cuidados, mas doentes

Agora, de maneira até esperada, começam a surgir nos gramados da cidade de São Paulo focos de ataque de cigarrinhas-das-pastagens, praga bastante comum em áreas do interior, principalmente em regiões de criação de gado. Velhos conhecidos dos pecuaristas, esses insetos causam severos danos aos pastos, chegando por vezes a inviabilizar o pastejo, eles sugam a seiva das plantas tornando-as descoloridas e com baixa capacidade de brotação, e podem ser facilmente percebidos, pois a grama ou pastagem apresenta manchas de verde pálido ou descorado.

Dos Pastos para sua casa

Nova praga é detectada atacando gramados de São Paulo  Aparência descolorida da grama atacada

Todas as gramas utilizadas em jardins pertencem à família Poaceae, que é a mesma dos principais capins utilizados como pastagem. Como as regiões produtoras de grama em larga escala são vizinhas de áreas de pastagem, a praga naturalmente migrou de um campo a outro e agora infesta também os extensos campos das grameiras.

O sistema de venda de grama em placas, que é o mais difundido por sua rapidez e praticidade, implica no transporte de uma pequena quantidade de solo removido da fazenda produtora até o jardim, para dar a sustentação inicial e facilitar o transporte e implantação do novo gramado. Caso o campo da grameira apresente o inseto, nessa porção de solo são transportados os ovos e formas jovens da praga, gerando a infestação.

Como principais motivos desses ataques podem ser apontados a falta de critérios fitossanitários rígidos tanto dos produtores de grama que fornecem o produto em placas, como a falta de fiscalização por parte dos órgãos governamentais de sanidade vegetal que deveriam impedir a entrada de material infestado no mercado.

Portanto é sempre recomendável a compra de grama de produtores idôneos e de reconhecida qualidade técnica e fitossanitária.

De um gramado para outro

O principal meio de dispersão da praga em jardins novos é o uso das placas de grama já infestadas pelo inseto, porém mesmo gramados antigos que nunca apresentaram o problema podem ser atacados. Os adultos da cigarrinha-das-pastagens são capazes de voar, mas não apresentam grande eficiência de vôo, que mais se parece com um pequeno salto de cerca de um metro (como de um grilo ou gafanhoto).

O maior descuido é dos jardineiros, que acabam carregando nos sapatos e ferramentas, ou até nas roupas os ovos, ninfas (forma jovem) e adultos do inseto. É assim que a praga é frequentemente transportada por jardineiros que passam por um gramado infestado.

Como em qualquer tipo de infestação, as medidas mais fáceis e eficazes de evitar o problema são as preventivas, não compartilhando ferramentas e outros utensílios potencialmente contaminados com outros jardins e exigindo de seu jardineiro que use roupas e calçados limpos e sabidamente não contaminados ao entrar no gramado do seu jardim.

Esses cuidados são válidos também para todos os outros tipos de pragas e doenças, e deviam fazer parte das normas de todos os proprietários.

Identificando o problema em seu gramado

Caso o gramado do seu jardim já esteja infestado, é bastante perceptível a queda da qualidade geral da grama e o grande número de insetos adultos que saltam em todas as direções, fugindo das pessoas que caminham sobre ela.

Nova praga é detectada atacando gramados de São Paulo

Inseto adulto da espécie Deois flavopicta

A espécie mais comum de cigarrinha-das-pastagens apresenta cerca de 5-6mm de comprimento e possui o corpo negro ou avermelhado com asas negras com faixas vermelhas e é conhecida tecnicamente como Deois flavopicta.

Se você suspeita que esteja recebendo a visita desses indesejáveis hóspedes no gramado de sua casa, mas gostaria de se certificar, verifique o gramado apresenta manchas com coloração alterada e pouca presença de folhas, deixando aparentes partes do solo.

Nova praga é detectada atacando gramados de São Paulo  Cápsula de espuma que oculta os insetos jovens

No caso da existência dessas manchas deve-se procurar, com as mãos, pequenos pontos de espuma (que se parece com cuspe) no solo, próximos a base das plantas de grama, na superfície ou a poucos milímetros de profundidade. Dentro dessas cápsulas de espuma escondem-se as ninfas do inseto que sobrevivem sugando a seiva da grama, causando seu definhamento.

Uma vez encontrada no gramado essa praga é de difícil erradicação, pois seus ovos podem persistir no solo de um ano para outro e assim reaparecer repentinamente, mesmo tendo sido corretamente combatida no passado. Portanto é recomendada a busca por focos de infestação todos os anos, principalmente nos meses de maior temperatura e incidência de chuvas (verão).

Como Controlar o aparecimento de pragas nos gramados

Além das medidas preventivas, que sempre são válidas para diminuir os danos causados pela praga, podem ser usadas técnicas bastante simples de controle. Quando mais baixa for aparada a grama, permitindo a entrada de sol na área atacada, mais fácil será o controle, pois o inseto prefere áreas sombreadas e protegidas do gramado. O corte baixo também pode auxiliar a visualização da praga e aumentar sua exposição a predadores naturais como pássaros. Em gramados pequenos, de até 30m², pode-se optar pela catação manual das ninfas, vasculhando quinzenalmente o solo em busca da "espuminha" e retirando os insetos do solo.

Em caso de áreas maiores será preciso o uso de produtos em pulverização, que podem ser biológicos ou químicos. Os produtos biológicos são inofensivos a pessoas e animais, porém são de difícil obtenção e apresentam uma eficiência que depende de prática e manejo apurados do aplicador, que deve estar familiarizado com esse tipo de produto. Já o controle químico conta com apenas uma linha de produtos registrados para essa finalidade e precisam de acompanhamento de um Engenheiro Agrônomo para sua compra e aplicação. Nunca entregue a responsabilidade de uso de produtos químicos a pessoas não qualificadas e sem o devido acompanhamento técnico, pois o risco de intoxicações é grande e o mau uso desses produtos pode causar severos danos ao meio ambiente.

Quer cuidar do seu jardim?

Tags:

Comentários


  • 24 de março de 2010 às 00:00
    tenho problemas idênticos, foi muito bom ter este assunto no uol.
  • 24 de março de 2010 às 00:00
    Bom Dia, peço a gentilesa de me informarem como devo fazer o combate a praga TIRIRICA. GRATO.
  • 24 de março de 2010 às 00:00
    foi maravilhoso ficar informada sobre este assunto , estou querendo fazer um mini jardim na minha casa ,e essa informações serão preciosas ...
  • 19 de abril de 2010 às 00:00
    a respeito da praga apelidade de cigarrinho que veio da cana de acucar e migro para as pastagem, existe um outra especie de cigarrinha q muitos nao dao atencao porque ela e uma, especia bem pequena e corpo verde e cabeca alaranjada essa e q e a perigoso principalmente p/gramas.ja existe um remadio no mercado, engeopleno fabr pela dow.guando andamos pela grama ele voa parecende uma nuvem de penas bardoletas bem pequena branca esse q e tereriveu.
    ja existe um remedio no mercado chamado, engeopleno fabricado pela dow
  • 19 de maio de 2010 às 00:00
    gostei muito das informações e gostaria de saber como acabar com um bichinho preto, pequeno, parecendo uma taturana, que aparece mais no inverno, saindo da terra do jardim e sobe pelas paredes, eu morro de medo.......
  • 9 de novembro de 2011 às 00:00
    Esse assunto muito me interessa ,pois estou cuidando de um imensso jardim
    e preciso adguirir muito conhecimento.Estou muito satisfeita no que pude ter conhecimento.Obrigada.
  • 23 de maio de 2012 às 00:00
    Estou com problemas em meu gramado. Está manifestado de grilos pretos que fazem buraco e deixam um farelo da terra quando fazem estes buracos. Eles estão acabando com a grama e à noite fazem um barulho me incomodando para dormir. O que fazer para acabar com essa praga???
  • 28 de setembro de 2012 às 00:00
    Espero que me possam ajudar.Tenho uma area de 5.000mts2 e tenho intençao de plantar grama em mais ao menos uns 1000 mts2 , existe alguma grama resistente que eu possa adquirir semente para semear nesse espaço.O mesmo é uma area hiper plana terra boa so que nesse espaço nao tem nenhuma sombra de arvoree tenciona usar esse gramado em alguns momentos p bater uma bolinma ajuda .
    obrigadoha. No espaço ao lado em uma area bem grande tem um pasto e percebo uma grama q nao cresce muito e nao é rala .
    Agurado u
  • 19 de novembro de 2012 às 00:00
    Olá, tb estou precisando da sua ajuda, tenho um gramado grande, que está sendo invadido pela braquiaria, qual seria a melhoral forma para retirar e controlar essa praga... vc conhece o produto boral green?? Obrigado
  • 4 de janeiro de 2013 às 00:00
    Boa Tarde, tenho uma pequena horta em minha casa, que contem, couve, alface, cenoura, quiabo e por final berinjela. Porem somente as folhas da berinjela esta sendo atacada por uma especie pequena de lagarta que come, e estraga as folhas, e algumas ficam dobradas, ao abrir la esta " ovos" e a lagarta junto.
    Como deve fazer, para elimina-las, pois minha horta e orgânica.

    Grato
    Helio
  • 16 de março de 2013 às 00:00
    Estou com problema em meu jardim os grilos pretos fazem buracos e deixam a terra solta sobre a grama,não sei o que fazer alguem pode me ajudar? obrigada.
Ir para o topo