Rústico e sofisticado podem compor o mesmo ambiente

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Decoração natural e elegante

Atualmente, produtos tecnológicos e materiais rústicos dividem a mesma decoração, criando visuais modernos em ambientes aconchegantes. Painéis de madeira, texturas e cores orgânicas aliam-se aos produtos eletroeletrônicos, com variados comandos e de alta sofisticação, que tornam a vida mais prática e funcional. Essa combinação transforma a vida do morador da casa fazendo uma ligação entre o mundo moderno e a simplicidade da vida natural.

No loft acima, Débora Dalanezi e Marcelo Sesso optaram pela colocação de um painel de madeira de demolição atrás do sofá. A mesa de centro de tora natural completa o visual rústico. "Esse painel possui um encaixe entre as réguas de madeira que propicia no futuro remontarmos em outro ambiente. Existe um apelo também de reciclagem", afirma Débora Dalanezi.

Os arquitetos Débora e Marcelo avaliam o uso de materiais naturais em ambientes contemporâneos como positivo. "Acreditamos que o rústico quebra a monotonia do elegante, complementando e não denegrindo o projeto", diz Marcelo Sesso.

Mas os profissionais garantem que é preciso ter cuidado para não cometer excessos. "A beleza de uma madeira ou um tijolo de demolição, por exemplo, é justamente a desigualdade da cor, textura e 'idade' do material. Porém, quando usado em demasia, acaba com a elegância que consideramos tão importante nessa mistura", completa Débora Dalanezi.

 Ambiente criado por Maithiá Guedes

A sala criada pela arquiteta Maithiá Guedes contém um painel de madeira de demolição instalado cru. O móvel recebeu a aplicação de um produto selador para escurecer o tom natural da madeira. Para criar um clima intimista, foram colocados pergolado no teto, espelho e bambu nas estantes laterais. As lareiras ecológicas embutidas no painel são um destaque à parte.

Maithiá acredita que o uso de materiais naturais pode deixar os ambientes com sofisticação e aconchego, mas dá dicas para evitar os exageros. "É preciso saber onde o material irá carregar o ambiente, para fazer um jogo de peças mais leves. Lembre-se sempre de que os espelhos e as peças de prata ou alumínio ajudam a quebrar as madeiras ou bambus", afirma a profissional.

Na próxima página veja mais ambientes com materiais rústicos.

Sala de jantar e mesa rústica

A proposta dessa sala/living, criada pela arquiteta Flora Cukierkorn, foi integrar área de lazer e de jantar com churrasqueira sem desconfigurar o espaço de sua característica de sala de jantar ou de almoço. Nas portas do gabinete, Flora utilizou madeira de demolição e, nas paredes, canjiquinhas para dar um ar moderno, rústico e descontraído de praia.

A mesa de jantar Leva Patina, da Decape, com cadeiras em laca branca mescladas a decapês com couro náutico, completa o ambiente despojadamente sofisticado. "Mesclar o rústico ao moderno é muito interessante, proporciona a descontração e o descompromisso. O único compromisso é com o bem-estar, o aconchego e a arte de saber ser chique", afirma Flora Cukierkorn.

 Toras de madeira em móveis

No projeto acima, Monica Cintra utilizou um tampo de mesa feita de uma prancha retirada de uma raiz de peroba despigmentada. "No meu trabalho busco uma linha de sustentabilidade, aproveitando ao máximo o que é desprezado pela natureza. Busco a minha matéria-prima em raízes, cascas de árvores tombadas ou envelhecidas pelo tempo", afirma Cintra.

Nesse projeto, a madeira recebeu contornos mais rústicos com menos brilho e polidez. "Essa peça é um elemento muito neutro e isso facilita composições com diversas cores e estilos, desde o moderno ao clássico, por ser uma peça contemporânea", diz a profissional.

Para evitar exageros, a dica de Monica Cintra é usar somente uma peça forte e impactante de destaque, pois a história da peça reflete a beleza do design, o que naturalmente atrai a atenção do ambiente.

Na página seguinte veja mais sobre os revestimentos rústicos e naturais.

Revestimentos rústicos e naturais

Os revestimentos também passaram a ter matérias-primas naturais e sustentáveis, como o na parede acima, de madeira de demolição da Vitrine by Casa Fortaleza, que foi clareado por um processo ecológico que torna o material mais sofisticado.

 Pisos e revestimentos sustentáveis

A Neobambu Pisos e Revestimentos Sustentáveis é uma empresa que oferece opções para substituir a madeira na arquitetura e decoração. O piso Neoteca da foto acima é feito de Bambu Demolição e tem peças horizontais, verticais e de alta densidade. O acabamento pode ser envernizado ou de demolição.

A Duratex tem a linha Duraflor Vintage, que reproduz os desenhos e nós de madeiras nobres em diversas opções de cores. O padrão Carvalho Rodes (foto acima) preserva os vincos laterais dos assoalhos antigos, o que resulta em um visual semelhante à textura natural da madeira.

Saiba decorar um home office confortável.

Tags:

Comentários


  • 9 de março de 2012 às 00:00
    maravilha de ambientes! As madeiras rústicas são um show! Parabens!
  • 11 de outubro de 2012 às 00:00
    Amei a combinaçao desse ambiente. Parabens!

Ir para o topo