Tecidos e papéis de parede na decoração

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Praticidade na limpeza e facilidade na aplicação são atrativos para quem pensa em mudar os ambientes

A praticidade para reformar os ambientes também está presente nos acabamentos da obra, principalmente na parte de personalização dos ambientes, que conta como aliados tecidos e papéis de parede. Estima-se que esse tipo de adorno, criado na China, vem sendo usado há aproximadamente 2.200 anos. No início o papel de parede não tinha nenhum detalhe, ganhando algumas cores e enfeites com o passar dos anos. Saiba o que especialistas falam sobre o uso de tecidos e papéis de parede na decoração.

Por que usar papel de parede e tecido na decoração?

Tayris Snege, proprietária da empresa Lilás Decorações, especialista no comércio de papéis de parede, cita que o principal benefício do uso deste material na decoração é a sua durabilidade, que pode atingir até 15 anos dependendo dos cuidados empregados na limpeza, manutenção e conservação. "Quando um papel de parede suja é fácil limpar com sabão neutro e um pano úmido ou, nos casos mais complicados, com sabão de coco e a parte macia de uma esponja", explica Tayris. A designer de interiores Ana Sanches complementa orientando que a escolha do tipo do papel também influencia em sua vida útil. "O vinílico é o que apresenta maior durabilidade, mas também tem o acamurçado e o emborrachado", comenta Ana. Anna Christina Dias, proprietária da Celina Dias Tecidos e Papéis de Parede, afirma que a colocação do papel é rápida, não deixa cheiro no ambiente e tem um custo baixo tanto de material quanto de instalação. "Se bem conservado, a durabilidade do papel de parede é maior do que a de uma parede pintada", compara Anna Christina. Além de não estragar as paredes, Anna aponta o papel como uma ótima opção para personalizar os ambientes.

Papel de parede e tecido são opções baratas para decorar

O preço é outro atrativo para quem quer mudar o visual do ambiente gastando pouco. "O mercado oferece diversas opções de papéis de parede importados, que custam um pouco mais caro que a opção nacional, porém, possuem mais variedade de estampas e a durabilidade é maior", ressalta Tayris. Ana lembra ainda que dentre as diversas opções de papel de parede, algumas imitam com perfeição até mesmo madeira e pedras, o que torna o ambiente mais bonito e aconchegante. "A aplicação é mais rápida do que a tinta, cerca de três dias para uma casa grande, e o ambiente fica bem mais charmoso, pois o papel de parede é um complemento para combinar com a decoração. Além disso, você vai precisar contratar um aplicador para colocar o papel nas paredes, mas isso evita a bagunça das tintas e a movimentação de pedreiros e pintores dentro da residência", comenta Ana.

O projeto acima foi desenvolvido para um casal que queria um clima mais intimista em seu quarto. Para isso, a designer Ana Sanches optou por usar papéis de parede diferenciados que, além de remeter ao estilo de vida deste casal, traduzissem a modernidade da decoração do ambiente. A primeira solução encontrada pela profissional foi contrastar o tom lilás do papel de parede com a iluminação dos pendentes localizados na cabeceira da cama. Esse contraste foi crucial para dar um ar romântico ao ambiente. Outra solução bem sucedida foi a colocação de um grande espelho na parede lateral, fazendo com que os 9m² do dormitório ganhassem amplitude. Além disso, Ana ousou com um papel de parede de fundo branco e dizeres em prata e dourado, realçando o clima intimista solicitado pelo casal.

Veja na próxima página a diferença do uso dos tecidos e onde aplicar o papel de parede.

Tecidos e aplicações

Apesar da variedade e da popularização do uso de tecidos para revestir paredes, Ana Sanches não recomenda a troca do papel pelo outro material. "Tecido estraga mais fácil, pois não tem impermeabilização e mancha facilmente" , comenta a designer de interiores. Anna Christina ressalta que o acabamento da aplicação de tecido fica mais bonito, porém, a instalação é mais demorada. "Antes de instalar é preciso verificar as medidas da parede para caso seja necessário costurar o tecido. Por esse motivo a colocação é mais demorada e tanto instalação quanto material são mais caros", explica Anna Christina.

A durabilidade, segundo Anna Christina Dias, se iguala ao papel de parede, podendo chegar a mais de dez anos, desde que o tecido seja de boa qualidade. "Quem tem tecido aplicado na parede geralmente troca só porque enjoa. A manutenção é simples, basta passar o aspirador de pó ou, nos casos mais complicados, um pano úmido com sabão de coco", comenta Anna. Como sugestão de tecidos, Anna Christina prefere os materiais com maior resistência, como o algodão, o linho, o veludo e a camurça.

Em quais cômodos usar papel de parede e tecido

A aplicação do tecido e do papel de parede pode ser feita nos mais diversos ambientes. Na sala de jantar, por exemplo, os desenhos podem combinar com a mobília ou até mesmo com detalhes no jogo de jantar. Para os quartos, principalmente de crianças, os papéis de parede temáticos podem ser uma boa ideia, já que apresentam temas lúdicos e de fácil ornamentação com os demais itens da decoração. Para quem não se adapta a estampas e prefere algo mais sóbrio, Tayris sugere o papéis de parede monocromáticos como opção. "Pequenas imperfeições e ondulações podem facilmente ser recobertas com papel de parede. Nem lixar é preciso. Além disso, a sujeira dentro de casa é bem menor do que se a pessoa fosse pintar com tintas", comenta a comerciante.

Tecidos e papel de parede não devem ser usados em áreas úmidas, como banheiro, lavanderia e cozinha. Como alternativa esses ambientes podem ser recobertos com adesivos impermeáveis vinílicos, opção bastante usada nos projetos, pois permite a personalização através de imagens escolhidas pelo cliente. Segundo Tayris a durabilidade desse tipo de material é de aproximadamente cinco anos.

Continue lendo: Decore sua casa com papel de parede.

Tags:

Comentários


  • 30 de agosto de 2012 às 00:00
    Adorei essa materia.
Ir para o topo