Tenha uma banheira em casa

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Escolha o modelo certo para seu banho

As banheiras podem ser consideradas um dos itens mais antigos que compõem o mobiliário de uma residência, pois, antes do chuveiro, que só foi inventado no início do século 20, elas eram indispensáveis para a higiene das pessoas. Depois da chegada do chuveiro, mais barato e prático, as banheiras precisaram ser reinventadas e passaram a compor o mercado de luxo e de itens de qualidade de vida.

Além de espaço para banho de imersão, elas agregaram outras funcionalidades, como a hidromassagem, design diferenciado e capacidade para várias pessoas. Para começar a escolher uma banheira, você pode pensar qual tipo de banho prefere: deitado, como na tradição ocidental, ou mais ereto, como no costume japonês.

 banheira ofurô de madeira

Os ofurôs seguem a tradição japonesa, que milenarmente difunde o uso de tinas de madeira para que a pessoa fique imersa após se lavar com água e sabão do lado de fora da banheira. O modelo da Multiforma é feito em cedro-rosa, madeira capaz de conservar o calor da água, que perde apenas um grau de temperatura a cada hora. Além disso, não necessita de instalação, apenas de um ponto de saída de água, um de escoamento e, dependendo dos acessórios, de um ponto de energia.

Os ofurôs podem ser confeccionados em formas variadas, como oval, redondo cônico, redondo coletivo e quadrado. Também é possível encontrá-los em materiais contemporâneos. As banheiras podem ser instaladas tanto em banheiros quanto em ambientes externos, como sacadas, ou em salas de banho.

O tipo de material e o design podem seguir as opções contemporâneas, com modelos redondos, retangulares e de canto em acrílico sanitário ou fibra de vidro, ou também o estilo clássico, com modelos retangulares em ferro fundido esmaltado.

 Banheira branca em sacada

O modelo Solare da Sabbia, por exemplo, troca os materiais convencionais pela tecnologia Sandstone, que possibilita que a banheira seja feita com base em matérias-primas minerais, como areia, que transmite a sensação de contato direto com a pedra natural durante o banho. A Solare não precisa de alvenaria nem assentamento para ser instalada, basta colocá-la sobre o piso de cerâmica e adaptá-la a uma saída de água. Tem capacidade para duas pessoas. Outro material moderno é o Quarrycast, composto vulcânico feito de pedra calcária e resina.

Banheiras contemporâneas e antigas

O acrílico sanitário é o material de fabricação da banheira de canto Fontis, da Pretty Jet, um exemplo fiel dos modelos contemporâneos, que além do formato diferenciado, já que as banheiras antigas eram predominantemente retangulares, ainda possui sistema de hidromassagem. Oito a quatorze jatos partem das laterais e do piso da banheira e assim proporcionam uma sensação de relaxamento durante o banho.

Assim como no Japão o material tradicional de fabricação das banheiras é a madeira, no Ocidente, durante os séculos passados, elas eram feitas de ferro fundido e posteriormente revestidas, pois este material é um ótimo condutor de calor e mantém a água quente por mais tempo. Como o assentamento em alvenaria ou argamassa não era comum, também possuiam pés em material metálico.

 banheira vitoriana vermelha

Se você gosta do estilo clássico, pode optar por banheiras antigas, mais conhecidas como vitorianas, em alusão ao período do século 19 no qual a Inglaterra foi governada pela rainha Vitória. O modelo da Doka na foto acima é uma réplica das originais, inclusive feita em ferro fundido esmaltado e com pintura em vermelho . Também pode ser encontrada em outras cores. Os pés são em liga de cobre com acabamento branco ou cromado.

Atualmente, muitos fabricantes produzem modelos vitorianos em materiais modernos. Tanto as banheiras clássicas quanto as contemporâneas e ofurôs podem ter ou não sistema de hidromassagem, de cromoterapia e aquecedor.

Agora que você já conhece os tipos e os materiais, não se esqueça de ficar atento aos itens de segurança e conforto para escolher sua banheira. Verifique se o piso é antiderrapante e se a peça passou por testes de segurança de acordo com as normas internacionais. Antes de comprar, entre na banheira vazia para verificar se nenhum dispositivo lhe incomoda nas costas. Faça também um teste de ruído, para saber quanto barulho o modelo que escolheu emite em funcionamento.

Veja 15 dicas para a organização do banheiro.

Tags:

Comentários


Ir para o topo