Conheça as tradições do batizado

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Veja como organizar a cerimônia e escolher os padrinhos

O batizado é o primeiro dos sete sacramentos da igreja católica e é uma porta de entrada para a vida dentro dos preceitos do cristianismo. Geralmente o batizado é feito quando a pessoa ainda é criança, para que em seguida possa receber os outros sacramentos.

A cerimônia tradicional é feita na igreja e o padre abençoa o bebê para que ele inicie sua vida religiosa. "Os padres explicam que o batismo é o sacramento que torna a pessoa um filho de Deus, discípulo de Cristo, membro da Igreja e não se recebe nenhum outro sacramento antes do batismo", explica Simone Tostes, cerimonialista.

Trajes

A roupa também é uma tradição do batizado, as crianças costumam usar o branco e geralmente a vestimenta é um presente dado pelos padrinhos. "Ao final da cerimônia, o padre lembra que pelo batismo, a criança recebeu a vida nova da graça simbolizada naquela veste branca. O modelo também deve ter uma abertura frontal, já que o padre precisa ter acesso fácil ao tórax da criança na hora da unção", atenta Simone. "Na cerimônia, o padre irá jogar a água benta na cabeça da criança, simbolizando o mesmo ritual de quando Jesus foi batizado no rio Jordão e a vela é acessa pelos pais para que a vida da criança seja iluminada por Cristo", explica Ana Caroline Silva, organizadora de eventos.

Por ser uma cerimônia pequena, apenas os pais, padrinhos e amigos mais próximos costumam comparecer. "A celebração é muito íntima. A criança é cercada, por isso a quantidade de pessoas deve ser menor", diz Simone. Para esse tipo de evento a cerimonialista também lembra que não é necessário convite, ele pode ser informal, feito via e-mail ou telefone, de preferência com quinze dias antes da realização do evento.

Conheça na próxima página o papel dos padrinhos.

Papel dos padrinhos

Escolhida a data do batizado, os pais têm a função de escolher um padrinho para a criança. Essas pessoas normalmente são escolhidas por serem parentes como irmãos, primos, tios ou amigos muito próximos. "Os pais só não podem fazer essa opção como uma homenagem para amigos ou pior, uma forma de visar algum benefício para os filhos futuramente" , orienta Simone.

Antes da realização da cerimônia, a igreja exige que pais e padrinhos façam um curso preparatório para se inteirarem sobre as tradições e o que representa o batismo. "Geralmente o curso dura um final de semana e os pais irão participar de reuniões e ouvir depoimentos de como o batismo é importante para o filho já iniciar a vida cristã na religião que os pais escolheram, a católica", atenta Ana Caroline.

Papel dos padrinhos

O papel dos padrinhos é acompanhar o crescimento da criança, incentivar desde cedo uma vida cristã ativa e intervir na vida do afilhado com conselhos quando for necessário. "Podemos traduzir as palavras padrinho e madrinha, como pais na fé, na celebração o padre irá exige dos pais o compromisso de educar o filho na fé, e dos padrinhos o compromisso de ajudar o afilhado com o exemplo de viver a sua vida cristã", explica Simone.

Os pais também devem escolher os padrinhos da criança a partir de alguns requisitos exigidos pela igreja católica. "Os padrinhos devem ter todos os sacramentos da igreja católica e seguir os conceitos cristãos, também deve ser maiores de 16 anos", diz Ana Caroline. Segundo a organizadora, os padrinhos devem estar presentes na vida do afilhado, principalmente nos momentos mais especiais como formação escolar, aniversários etc.

Veja na próxima página como organizar a cerimônia do batizado.

Organização da cerimônia

O primeiro passo é escolher a igreja onde a cerimônia será realizada. "O ideal é se informar sobre quando são realizados os batizados e com quantos dias de antecedência ele precisa ser agendado. Isso varia de acordo com o lugar, é importante não deixar para última hora e verificar também se a cerimônia será coletiva ou individual", orienta Simone. "Antes de agendar também é importante verificar a disponibilidade dos padrinhos para o dia do batizado, os dias de cursos preparatórios e prepararem os documentos necessários", indica Ana Caroline.

Documentos necessários

Os documentos da criança e dos pais também devem estar em ordem para agendar o dia do batizado. "A certidão de nascimento do bebê é obrigatória, alguns padres pedem a certidão de casamento dos pais no religioso e outros não, em caso de casamento inter-religioso, a parte não católica deve assinar um documento chamado cautela, autorizando o batizado do filho", diz Simone.

Outros detalhes também devem ser lembrados, como o fotógrafo e cinegrafista para registrar esse dia importante, chegar com antecedência na igreja e preparar uma lembrancinha para os convidados também é essencial. "As cerimônias de batismo podem durar até uma hora e no fim da cerimônia é entregue o certificado e a vela usada, as lembrancinhas devem ser entregues na porta da igreja em agradecimento aos convidados", sugere Simone.

A comemoração vai depender do horário da cerimônia e da quantidade de convidados. Por ser um evento mais familiar, o batizado pode ser comemorado com um almoço ou apenas uma simples recepção para os convidados.

Veja também que Novidades no cardápio de festas infantis agradam crianças e adultos.

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse post!

Ir para o topo