Como cuidar de cactos

Compartilhe! Facebook Twitter Pinterest

Queridas e queridos! Ter uma composição de vasinhos com cactos em cima de qualquer mesa fica um charme. Podemos falar em decoração econômica. Legal,heim! Eles podem ser de diferentes formas e tamanhos, confira como cuidar da maneira correta e espere com paciência que um dia ele poderá lhe brindar com uma flor.

Mini cactos

Shutterstock / Tina Rencelj

Os cactos são plantas bem populares e dão clima interessante à decoração, variando em tipos, tamanhos, formatos, flores. A manutenção é simples, mas se não forem bem cuidados, os cactos morrem facilmente. Confira algumas dicas para cuidar da maneira correta.

Cuidados com cactos

  • Primeiramente é preciso paciência para ver o cacto mudar a forma ou florescer, alguns começam a crescer após anos de cultivo.
  • Eles adaptam-se mais a ambientes secos, em geral nos solos com cascalho e areia, onde a água escoa rapidamente. Além disso, preferem ambientes abertos e com luz solar direta.
  • Essas plantas podem sim dividir espaço com outras plantas, desde que os cuidados e condições sejam favoráveis para as diferentes espécies. Um tipo que pode facilmente ser plantada junto, são as suculentas.

Cactos

Shutterstock / ningii

  • Algumas lojas de construção contam com uma área para jardinagem, ou então em lojas específicas você pode encontrar fertilizantes para as plantas de clima seco. É importante comprar para manter o cacto bonito. A terra não é ideal que seja a comum, utilizada para todas as plantas, nos mesmos centros de jardinagens é possível encontrar a ideal.
  • Por acumularem água o corpo e apresentarem uma cera que protege da transpiração, essas plantas resistem a longos períodos de seca. Quando ficarem expostas ao sol durante todo o dia, regue a cada 15 dias. Se estiverem dentro de casa, em local mais fresco, elas podem ficar até um mês sem água. O ideal é que molhe apenas quando a terra estiver com aparência seca.
  • Dê preferência aos vasos de argila ou barro com furos na parte inferior, pois eles ajudam a drenar mais rapidamente a água, evitando que as raízes fiquem podres. Evite jogar água em toda planta, faça isso somente na terra, somente a raiz precisa ser regada. Os cactos preferem a água por baixo do que por cima.
  • Não arranque nunca os espinhos, pois eles são folhas que durante o processo de evolução tomaram essa forma reduzida. Arrancando os espinhos, diminuímos a vida dessa planta.
  • Os mini cactos, muito vendidos em supermercados necessitam dos mesmos cuidados, porém o contato direto com o sol deve ser menor, portanto, prefira deixa-los na parte interna da casa, em locais ventilados sem luz solar direta.

Confira quais são as melhores plantas para varanda de apartamento.

*Dicas: Graziella Aguiar, arquiteta e consultora da Master House Manutenções e Reformas e Edvânia Comitre, coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNICID

Tags:

Comentários


  • 1 de novembro de 2016 às 00:00
    Comprei um mini-cacto umas semanas atras, e tava tudo certo, mas, há 2 dias, minha irmã derrubou o vaso no chão e ele saiu do vaso e as terrinhas caíram tudo, eu "replantei" como deu, e agora ele ta meio "bambo", to com medo dele morrer, alguém sabe o que eu posso fazer?
  • 7 de abril de 2017 às 14:33
    […] é sempre bem-vinda quando o assunto é decoração, as suculentas costumam ser confundidas com mini-cactos e favorecem elementar variedade de flores. Eles buscam dificultar um destaque […]
    Decorando a casa com flores e plantas – Amo Decoração
Ir para o topo